wordpress stat
Receita de Tarte de limão e merengue

Tarte de limão e merengue



Não… não fui até ao Havai, não me saiu o euromilhões, nem fiz greve à cozinha.
Sim… continuo em Palma, desta vez com dias de chuva consecutivos que não me permitem a feliz escapadela até à praia.
O final do ano traz trabalho acrescido e a visita da família, ainda menos tempo para divagações.
Hoje, uma tarde solitária, foi o tempo justo para as limpezas e para uma doce surpresa…






Tarte de limão e merengue



Massa brisa doce:

250 g. de farinha de trigo
125 g. de manteiga
125 g. de açúcar
1 ovo

Fazer um “vulcão” com a farinha peneirada com o açúcar.
Colocar o ovo e a manteiga amolecida no centro.
Amassar até ligar (não se deve amassar demasiado).
Formar uma bola com a massa e embrulhar em papel film.
Refrigerar durante 30 minutos.
Estender a massa sobre uma superfície ligeiramente enfarinhada.
Forrar uma forma de mola e picar a massa nos lados e no fundo para que não infle.
Cozer a 180º C até ficar dourada.
Reservar.

Recheio:

Sumo e raspa de 3 limões
80 g. de açúcar
4 gemas
3 colheres de sopa de maizena
15 g. de manteiga

Juntar água ao sumo de limão até perfazer 300 ml.
Juntar a raspa e o açúcar e levar a ebulição até que este se dissolva.
Diluir a maizena num pouco de água e juntar à mistura ainda no lume até espessar.
Retirar do lume.
Deixar arrefecer um pouco e misturar as gemas.
No final juntar a manteiga.

Merengue:

4 claras
250 g. de açúcar
Bater as claras em castelo e ir adicionando o açúcar até que a mistura tenha uma consistência firme e brilhante.

Montagem:

Rechear a massa com o creme de limão.
Cobrir com o merengue.
Levar ao forno a 150º C até dourar o merengue.
Servir bem fria.




Comentários

9 Comentários to “Receita de Tarte de limão e merengue”

  1. Micas em 6 Fevereiro, 2009

    estão feitas e já desapareceram… mas deixei fotos no meu blog para dares a tua opinião.
    A propósito, ADOREI a massa brisa doce… (só acho que exagerei um poco na farinha…) 😉

  2. Susana Almeida em 17 Junho, 2009

    adorei esta tarte… como adoro limão vou ter que experimentá-la!

  3. Rita em 28 Novembro, 2009

    Obrigada pela grande inspiração. Esta tarte de limão com merengue passou a fazer parte da maioria dos nossos almoços de família…

  4. Mónica em 17 Maio, 2010

    Fiz esta tarte este fim de semana e num instante desapareceu! Muito boa e muito melhor do que as que levam leite condensado! Parabéns e obrigada por partilhar connosco 😉

  5. Ana em 7 Janeiro, 2011

    Absolutamente divinal!!!!!!!!! Só descobri o blogue ontem e é genial. Estou encantada e surpreendida comigo mesma pelo facto de a tarte ter resultado tão bem. Congrats & keep up the good work :)

  6. Cristina em 28 Janeiro, 2011

    Olá Leonor,

    Antes de mais os meus parabéns pelo seu blog, que adoro! As receitas e a sua apresentação conseguem sempre deixar-me com água na boca.
    Gostava de perguntar-lhe se por acaso não sabe de alguma receita de bolo cujo resultado seja uma espécie de bolo enqueijado, tipo brownie mas sem nozes ou chocolate, uma vez provei um bolo de laranja e limão deste tipo e ADOREI! Tenho pesquisado bastante e experimentado algumas receitas mas sem sucesso. Será que este tipo de bolo não levará fermento por exemplo? O bolo de que falo é parecido com toucinho do céu mas mais compacto..Não sei se sabe de alguma receita assim :-)
    Muito obrigada pela sua disponibilidade.
    Continue a surpreender-nos.
    Um abraço
    Cristina

  7. Ellensuzy em 2 Março, 2012

    Mulher! estou babando.

  8. Maria em 26 Março, 2012

    Gostei muito do resultado da receita. Um sucesso! E por isso quero agradecer.
    Não tive tempo para fazer a massa e por isso usei massa quebrada pré feita e aquici-a no forno, em forno já quente a 150ºC com feijões em cima (para não levantar). Fica a sugestão!
    Deixo um pedido: Será que é possível dar a receita do bolo russo?

  9. Ethel Feldman em 25 Outubro, 2012

    Olá Leonor,
    Folheio devagarinho o teu blogue. Em cada receita, em cada linha, em cada foto, uma viagem a todos os nossos sentidos. A tua tarte de merengue, celebrou a vida, primeiro no meu olhar com um sorriso terno e quase bastou-me ficar assim. Ler, ver e sentir um bem -estar semelhante aquele que experimentamos quando nos deparamos com a beleza subtil da vida. Um intervalo em que tudo é perfeito e que simplesmente basta. E quando isto acontece, quase como num abrir e fechar de olhos, queremos mais e depois queremos fazer e provar. Dar ao paladar essa oportunidade que o olhar já saboreou. Uma jovem amiga fazia aniversário nesse dia. Cuidei de cada um dos ingredientes com carinho, respeitei as tuas instruções, sorri porque com ela celebrava a vida. Correu tudo bem. A tarte foi um sucesso. Todos que provaram quiseram a receita e aí sim, fiquei mesmo feliz, porque divulgar o teu blogue é a continuação desta aventura.
    Parabéns, Leonor.

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos