wordpress stat
Tarte com Creme de Coco.

Abril, desejos mil.

Hoje, nada é maior, mais nítido, mais claro. Talvez o possa parecer aos olhos puros da consciência que encontra nas datas marcadas, nos rituais, no conforto da presença e no abismo da carência, as memórias que nos constroem.
Ver para dentro pode ser um exercício de sofrimento, contudo, e mesmo podendo parecer insensato atravessar as perguntas que nos aproximam da loucura, esse é o meio que oferece menor resistência à verdade.
Cada um de nós tem o modo que lhe pertence. Somos únicos mas partilhamos uma história que só faz sentido pelo outro. Uns pelos outros, somos um.
O mais importante é saber que, ao unir as palavras, de nada valem as regras gramaticais. Que é aí que a aparente inutilidade poética se revela urgente ou, nas palavras de Eugénio de andrade, o amor.

Que o sol brilhe. Que se partilhe. Que se coma tarte de coco.

Tarte de Coco.

Para cerca de 6 a 8 pessoas ou para uma tarte com cerca de 22 cm de diâmetro:

Massa
100 g de açúcar
100 g de manteiga amolecida
1 ovo
200 g de farinha de Trigo T55

Creme com Coco
200 g de natas para bater (com cerca de 35% M.G.)
175 g de leite
90 g de açúcar
3 ovos
40 g de coco ralado desidratado

Lascas de coco para decorar

Pré-aquecer o forno a 180º C.

Para a massa, numa taça bater o açúcar e a manteiga até estar um preparado cremoso.
Adicionar o ovo e bater bem.
Juntar a farinha e mexer apenas até que esteja uma massa homogénea.
Formar uma bola com a massa e embrulhar em película aderente. Refrigerar durante cerca de 30 minutos a 1 hora.
Estender a massa com cerca de 5 mm de espessura sobre uma folha de papel vegetal.
Forrar a tarteira com a massa, aparando as bordas com uma faca.
Colocar sobre a massa a folha de papel e espalhar por cima arroz/leguminosas ou contas para assados (de forma a fazer peso, para que a massa não infle durante a cozedura).
Levar ao forno durante cerca de 15 minutos.
Retirar do forno, tirar o papel e levar novamente ao forno para cozer durante cerca de mais 5 minutos ou até estar levemente dourada.
Retirar do forno e deixar arrefecer sobre uma grade de pastelaria.

Para o recheio, numa taça, bater bem todos os ingredientes até que esteja um preparado homogéneo.
Colocar num tacho e levar ao lume, deixando ferver até engrossar.
Retirar do lume e colocar numa taça, com película aderente rente à superfície. Deixar arrefecer completamente.

Colocar o recheio frio sobre a massa e decorar com as lascas de coco.
Refrigerar.

Servir fresca ou à temperatura ambiente.

Nota: A massa que sobra pode-se unir novamente, estender e recortar com o formato de bolachas.

Share



Comentários

Comentar









  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos