wordpress stat
À espera de um milagre


Admito que quando comecei estava um pouco reticente quanto ao savarin, mas a sobremesa de remota origem ucraniana apresentava-se como um desafio:
Uma massa fermentada embebida num xarope com álcool… como seria o resultado? A que saberia? Nunca tinha provado nenhum…
Depois de tirar os meus “projectos” do forno as dúvidas multiplicaram-se… era humanamente impossível relacionar as poucas fotos que tinha visto com o “pão” sem sabor à minha frente. … E agora?!
Sem nenhuma vontade de desistir, segui os restantes passos à espera de um qualquer milagre…

… DI-VI-NO!!!

Savarin

Para 8 pessoas:
250 g de farinha de trigo
75 g de manteiga amolecida
3 ovos
10 g de açúcar
10 g de levedura
50 ml de leite morno
Uma pitada de sal

Xarope:

700 g de açúcar
1 l de água
4 colheres de sopa de rum
Casca de uma laranja

Geleia de Alperce:

1) Para 500 ml:
500 g de doce de alperce
8 g de gelatina (4 folhas)

Aquecer o doce, sem que chegue a ferver.
Coar e incorporar a gelatina hidratada e escorrida.
Usar em quente.

* esta formula serve para qualquer tipo de doce.

2) Partindo de fruta fresca (o meu método)
Triturar e coar a fruta.
Cozer com metade do peso em açúcar.
Espumar durante a cozedura.
Juntar 8 g de gelatina previamente demolhada.

Preparar um molde de savarin, untado e polvilhado de farinha.
Misturar a farinha, o sal e o açúcar na batedeira com a pá amassadora.
Juntar os ovos, um a um e a levedura desfeita no leite morno.
Trabalhar a massa 10 minutos ou até que fique uma massa lisa e elástica.
Juntar colheradas de manteiga e trabalhar a massa mais 3 minutos, até que tudo fique bem incorporado.
Pôr a massa numa taça, tapar com film ou um pano e deixar fermentar 40 minutos ou até que fique esponjosa (não deve fermentar mais tempo!).
Romper a massa com as mãos e amassar ligeiramente formando um cilindro.
Colocar o cilindro dentro da forma e deixar que fermente 30 minutos mais, tapado.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Coze 15 minutos.
Desenformar o savarin e deixar arrefecer.

Preparar o xarope:
Ferver a água, o açúcar e a laranja durante 5 minutos.
Retirar do lume e juntar o rum.

Voltar a colocar o savarin frio na forma (já lavada) e ir regando com o xarope quente até cobri-lo.
Deixar que se empape por 10 minutos.

Desenformar sobre uma rede para que escorra todo o excesso de calda.
Cobrir com a gelatina de alperce ainda quente.

Servir com fruta, nata ou um creme.




Comentários

5 Comentários to “À espera de um milagre”

  1. ameixa seca em 12 Agosto, 2008

    Nunca fiz… mas o milagre ficou fabuloso. Ainda não tenho arte para fazer algo tão elaborado.

  2. Strawberry fields forever | :: flagrante delícia | as sobremesas de leonor de sousa bastos :: em 1 Fevereiro, 2009

    […] de amêndoa. Decorar com morango e pistacho verde. Pintar com brilho neutro ou geleia (neste link existe uma receita de geleia de alperce que pode ser feita com qualquer outra […]

  3. “La vie en rose” | :: as sobremesas de leonor de sousa bastos | flagrante delícia :: em 31 Maio, 2009

    […] Gelatina de morango […]

  4. Wakizashi em 31 Dezembro, 2010

    Olá!

    Uma questão com respeito ao Savarin: são mesmo 500ml de leite e 250g de farinha?
    Com estas quantidades não obtenho uma massa elástica para levedar, mas sim uma massa líquida, semelhante à dos bolos para irem directamente para o forno.

    Obrigada e bom ano!

  5. Receita de Sachertorte | :: as melhores receitas de sobremesas de leonor de sousa bastos | flagrante delícia :: em 9 Abril, 2012

    […] Geleia de alperce […]

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos