wordpress stat
Receita de Bavaroise de baunilha

Verão azul

verão azul


Mergulho no céu imaculadamente azul deste último dia de verão e brindo com duas receitas que guardam o tempo quente…

Receita para fazer o azul

Se quiseres fazer azul,
pega num pedaço de céu e mete-o numa panela grande,
que possas levar ao lume do horizonte;
depois mexe o azul com um resto de vermelho
da madrugada, até que ele se desfaça;
despeja tudo num bacio bem limpo,
para que nada reste das impurezas da tarde.
Por fim, peneira um resto de ouro da areia
do meio-dia, até que a cor pegue ao fundo de metal.
Se quiseres, para que as cores se não desprendam
com o tempo, deita no líquido um caroço de pêssego queimado.
Vê-lo-ás desfazer-se, sem deixar sinais de que alguma vez
ali o puseste; e nem o negro da cinza deixará um resto de ocre
na superfície dourada. Podes, então, levantar a cor
até à altura dos olhos, e compará-la com o azul autêntico.
Ambas a s cores te parecerão semelhantes, sem que
possas distinguir entre uma e outra.
Assim o fiz – eu, Abraão ben Judá Ibn Haim,
iluminador de Loulé – e deixei a receita a quem quiser,
algum dia, imitar o céu.

Nuno Júdice

(Obrigada, Ana Passos, pela partilha deste poema.)





verão azul

Bavaroise de Baunilha

Para 4 pessoas:

1 vagem de baunilha
200 ml de leite gordo
3 folhas de gelatina (6 g)
2 gemas
50 g de açúcar em pó
220 g de nata com um 35% de matéria gorda

Abrir a vagem de baunilha longitudinalmente, raspando bem todas as sementes.
Levar a ebulição o leite com as sementes e a vagem de baunilha e deixar repousar por algumas horas.
Coar o leite para retirar a vagem.
Lavar as folhas de gelatina , hidratar em água fria e escorrer bem.
Misturar as gemas com o açúcar e uma pequena parte do leite (apenas para dissolver).
Levar o leite com a baunilha a ebulição.
Retirar o leite do lume e verter sobre as gemas com o açúcar, mexendo.
Levar novamente ao lume, mexendo constantemente até que o creme cubra as costas de uma colher (para que não se corte, o creme nunca poderá ultrapassar os 85ºC).
Retirar o creme do lume e dissolver a gelatina, mexendo bem.
Verter o creme num recipiente dentro de um banho-maria com gelo (para que arrefeça rapidamente) mexendo até que comece a ficar mais espesso (20ºC).
Entretanto, bater a nata até que esteja espessa mas não em chantilly.
Incorporar a nata ao creme com movimentos suaves.
Repartir o creme por 4 copinhos e refrigerar até que esteja firme.

Doce de tomate:

500 g de tomates vermelhos maduros
100 g de açúcar

Retirar a pele e as sementes aos tomate e triturar a polpa.
Misturar o tomate com o açúcar.
Levar a lume brando até cozer e obter a textura desejada.
Retirar do lume e deixar arrefecer.

Montagem:

Cobrir cada copo de bavaroise com uma camada de doce de tomate e algumas amoras silvestres.
Decorar com chocolate branco.

fonte: Paco Torreblanca




Comentários

33 Comentários to “Receita de Bavaroise de baunilha”

  1. Belinha em 21 Setembro, 2009

    Adorei! essa combinaçao de creme com doce de tomate deve ser fantástica!!

  2. klaudinha em 21 Setembro, 2009

    que lindo…. adorei o poema :)
    a receita é de uma simplicidade soberba… para variar

    fantástico 😉

  3. conceicao em 21 Setembro, 2009

    Esta sobremesa fresquinha, já se comia :)))
    Bjs

  4. Zé em 21 Setembro, 2009

    Lindo o Azul. O Azul envolve-nos pelo céu, e o meu coração também.
    Gostei, para não variar, da tua sobremesa.
    Não conseguia aceder ao teu espeço e já estava a ficar preocupada.
    Bom trabalho. :) Bjs

  5. Micas em 21 Setembro, 2009

    Nem consegui esperar para ler tudo áté ao fim, (quer o poema como a receita), está LINDA!

    Adorei e vou fazer hoje!
    bjs

  6. Carina em 21 Setembro, 2009

    Leonor,
    Que belo “brinde” a este último dia de verão!!!!
    Mais uma bela combinação de sabores, de nos deixar com imensa água na boca!!!!
    Beijinhos :)

    P.S. O poema é lindo!!!!

  7. Carla em 21 Setembro, 2009

    Leonor,

    Doce de tomate! Por aqui essa é uma receita singular. Só usamos tomate para salgados.
    Vou aproveitar sua receita e introduzir esta gostosura aqui em casa.

    Bjs

    Carla

  8. Comilinhas em 21 Setembro, 2009

    Sublime!
    Como tudo neste espaço é fabuloso.

  9. Margarida em 21 Setembro, 2009

    Perfeita descrição. Combinação ainda mais perfeita do bavaroise com o poema.! beijinho e bom regresso

  10. Moira em 21 Setembro, 2009

    Lindo, o poema e o doce.
    Irei experimentar com toda a certeza.
    Beijocas
    Manuela

  11. cristina forbes em 21 Setembro, 2009

    Simplesmente delicioso, e original, com o tomate.

  12. Erika em 21 Setembro, 2009

    Eu realmente gosto de seu blog!. Poria colocar o tradutor do Google para ler para você em espanhol, por favor
    Saudações

  13. Gasparzinha em 21 Setembro, 2009

    Querida Leonor, Nuno Júdice no seu melhor!
    E o que dizer desta combinação atomatada: que bom que deve ser. :)

    Beijinhos.

  14. Leonor Rodrigues em 21 Setembro, 2009

    Olá Leonor!

    Que tentação esta combinação de sabores ! Perfeito para terminar o Verão em beleza.

    Beijinho

    (Leonor)

  15. Ameixinha em 21 Setembro, 2009

    As sementinhas da baunilha pintalgam esse azul de uma forma linda :) Deve ser super bom!

  16. purita em 22 Setembro, 2009

    a minha avó é que fazia um doce de tomate maravilhoso, obrigada pela memória!

  17. Léia Silva em 22 Setembro, 2009

    Irei fazer esta receita, pois fiquei curiosa com o doce de tomate! A decoraçao ficou linda!
    Um grande abraço e até a proxima 3a!
    Léia

  18. Susana Almeida em 22 Setembro, 2009

    Hummm…que bom aspecto! O verão está a ir embora mas esta receita vai ficar!
    bjs

  19. Canela em 22 Setembro, 2009

    Leonor
    Desde a imagem,passando pelo poema e terminando na bavaroise de …….baunilha(como é que nunca me lembrei ?),adorei tudo!
    Esta vou levar.
    Um beijo

  20. Claudia Lima em 22 Setembro, 2009

    De fato, é a cara do verão! Ficou super apetitosa e deve ser um perfume só com a presença da baunilha.
    Me fez lembrar quando eu era criança e ia na piscina todos os dias. Bons tempos!
    Bjs :)

  21. SANDRA - ANITA CATITA em 22 Setembro, 2009

    A simplicidade da receita e a beleza do poema, fazem de um simples post uma pequena maravilha :)
    Linda a foto, e não digo deliciosa a receita porque ainda não provei, mas vou pedir á filhota.
    Muitos parabéns , um milhão de visitas é mais que merecido .

    beijinhos

  22. Sara Quaresma Capitão em 23 Setembro, 2009

    Leonor,

    como sempre um deleite para os olhos as suas sobremesas. consigo saborear cada uma delas apenas a ler e a admirar as imagens.
    tomei a liberdade de fazer referência ao seu blog num outro blog que nasceu apenas em agosto deste ano – (http://inninesix.blogspot.com/)

    excelente e admirável trabalho leonor!

  23. moranguita em 23 Setembro, 2009

    Leonor que espectáculo esta sobremesa. e eu fiz doce de tomate a umas semanas vem mesmo a calhar.
    beijinhs

  24. Smas em 24 Setembro, 2009

    Eu adoro doce de tomate!!!!
    De resto, tudo lindo e maravilhoso, como sempre!
    Bjs

  25. Luísa Alexandra em 24 Setembro, 2009

    Seja verão ou inverno, aqui as sobremesas são sempre de alegrar qualquer estação do ano!

  26. Sónia em 24 Setembro, 2009

    Que excelente ideia!
    E nem de propósito… Ontem recebi um frasquinho de doce de tomate home made e depois de ver esta tua sugestão fiquei cheia de vontade de experimentar :)

    Mais uma vez parabéns! Este teu espaço é uma verdadeira delícia!

  27. Regina em 25 Setembro, 2009

    Leonor,

    antes de mais, parabéns pelo primeiro milhão de visitas! Que venham muitos mais.

    Em relação a esta receita….hummmm…adoro doce de tomate! Fiquei com imensa vontade de fazer.

    Andava há imenso tempo pra fazer o bolo frio de chocolate e, finalmente, está no frigorífico. Substituí as avelãs por nozes e os arandos por ameixas. Mas a delícia desta receita é o chocolate…desfaz-se na boca, parece seda… Não resisti e já provei :)

    Beijinhos

  28. Mary-Sab.Aromas em 25 Setembro, 2009

    Olá,Leonor,
    Está fantástico,lindo.
    Adorei tudo começando no poema e terminando na bavaroise de baunilha.

    bjs
    Mary-Sab.

  29. Joana Duarte em 26 Setembro, 2009

    Leonor,

    o post perfeito para uma despedida do Verão.

    Como sempre, sabores, imagens e palavras em perfeita combinação.

    Beijinhos e obrigada por estas belas surpresas:)

  30. Filipa Rosa em 10 Outubro, 2009

    Oi…

    Antes de mais agradecer o belíssimo site de culinária que tenh oportunidade de ver:)

    Deparei-me agora com esta sobremesa fresquinha e deliciosa, que tentarei imitar antes que chego o frio e o inverno!!

    Mais uma vez parabéns:)

    Filipa*

  31. Gilmara em 12 Novembro, 2009

    Olá Leonor,

    Conheci seu blog através de uma pesquisa sobre blogs culinários e me tornei fã de imediato, pelo conjunto da obra – receitas, fotos, poemas e sua atenção.

    Amei as receitas, já consegui fazer algumas, moro no Brasil na cidade de São Paulo e gostaria de saber se posso substituir a nata por creme de leite, pois aqui é dificil de encontrar somente a nata. Vou tentar com creme de leite, mas se quiser me indicar outro ingrediente, agradeço desde já.

    Abraços, Gil

  32. Hugo Veiga em 25 Agosto, 2010

    Vou fazer isto como sobremesa para comemoração de 1 mês de namoro.

    Estou rendido à simplicidade e a apresentação destas sobremesas. Simplesmente geniais.

    Abraços e continuado sucesso,

  33. Inês em 17 Setembro, 2010

    Fez-me lembrar aqueles iogurtes dos potezinhos de vidro com doce por cima, que tt gosto.

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos