wordpress stat
Receita de Bolo Pudim

Uma carta ao Pai Natal…

bolo pudim

Alguém me escreveu com este pedido, para agradar à mãe no Natal…
Deixo aqui o meu presente sem embrulho…  que os laços se façam à mesa!




Bolo Pudim

Para uma forma de pudim de 14 cm de diâmetro:

Caramelo:
125 g de açúcar
30 ml de água

Pudim:
3 ovos
150 g de açúcar
120 ml de nata
140 ml de leite
Pau de canela, casca de limão ou baunilha

Bolo:
3 claras
47 g de manteiga amolecida
47 g de farinha com fermento
94 g de açúcar

Pré-aquecer o forno a 180ºC

Caramelo:
Misturar a água com o açúcar, num tacho de fundo pesado.
Levar ao lume até que o açúcar caramelize.
Retirar do lume e deitar o caramelo numa forma de pudim.
Mover a forma de modo a que a base e as paredes estejam cobertas de caramelo.
Reservar.

*o caramelo nunca se deve mexer.

Pudim:
Ferver o leite e a nata com os aromatizantes.
Deixar infusionar por alguns minutos e coar.
Misturar os ovos com o açúcar.
Verter o leite e a nata sobre a mistura de ovo.
Bater até que esteja um preparado homogéneo.
Verter no fundo da forma.

Bolo:
Bater as claras em castelo.
Bater a manteiga com o açúcar até que fique esbranquiçada e cremosa.
Incorporar a farinha peneirada e as claras em castelo, alternando-as com movimentos suaves.
Verter a massa de bolo sobre o pudim, com cuidado, alisando a superfície no final.

Colocar a forma sobre um tabuleiro com água e cozer durante 50-60 minutos.
Não tapei a forma de pudim. Quando o bolo começou a ganhar crosta, cobri a superfície com papel de alumínio para não queimar.
Desenformar o pudim frio!

Nota: Adaptei este bolo pudim da avó Leonor com um outro bolo, que adoro. Apesar das medidas parecerem estranhas foram o resultado de uma adaptação do bolo de claras, já aqui publicado.
Para quem me pediu a solução para as claras que sobravam do creme de gemas, pode fazer apenas o bolo, polvilhá-lo com açúcar em pó e decorar com amêndoa torrada laminada… garanto que é um excelente aproveitamento!




Comentários

26 Comentários to “Receita de Bolo Pudim”

  1. Zé em 13 Dezembro, 2009

    Delicia mesmo, assim toda a gente agrada á mãe ou á familia. Bjs

  2. Marquita em 13 Dezembro, 2009

    Em miúda fazia-se em minha casa uma receita semelhante a esta…uma verdadeira delícia :-)

  3. argas em 13 Dezembro, 2009

    Não aprecio pudins de ovos, mas este eu tenho vontade de experimentar!!! bjinhos

  4. Ameixinha em 14 Dezembro, 2009

    Adoro bolo pudim mas só fiz na versão de chocolate e ficou muito bom. Este também está com um belo aspecto :)

  5. cacahuete em 14 Dezembro, 2009

    Hum…Que bolo pudim tão tentador.

    Beijinhos

  6. Conceição em 14 Dezembro, 2009

    Nunca fiz, mas depois de ver este, tenho mesmo que fazer.
    Bjs

  7. Claudia Lima em 14 Dezembro, 2009

    Já vi muito falar deste Bolo Pudim, mas nunca provei. Imagino que seja gostoso pelo aspecto. Achei ótimo que não leva leite consdensado.
    Acho engraçada esta questão das pessoas sempre terem claras sobrando. Aqui em casa só sobram gemas, que vão para o lixo, a menos que eu queira fazer Quindim.
    Bjs :)

  8. Susana Almeida em 14 Dezembro, 2009

    Um bolo pudim com aspecto divinal!
    BOM NATAL Leonor!
    bjs

  9. Ana Arnaut em 14 Dezembro, 2009

    Quero um no meu sapatinho este ano. Cá em casa costuma-se fazer um pudim de ovos que é a perdição de todos. Feliz Natal Leonor!

  10. clara em 14 Dezembro, 2009

    O aspecto é delicioso!!!Mas vou ter que olhar e ficar a “babar” por ele…nunca consegui fazer pudins por causa dos pontos de açucar.No entanto vou aproveitar a dica do aproveitamento das claras e, como sobram sempre muitas depois do Natal, vou experimentar o bolo de claras mas…quanto tempo demora a cozer no forno…Beijinhos e obrigada!

  11. Leonor de Sousa Bastos em 14 Dezembro, 2009

    Clara,

    O bolo coze durante uns 30 minutos, mas convém verificar com um palito no centro do bolo…

    Um beijinho!

  12. Leonor de Sousa Bastos em 14 Dezembro, 2009

    Clara,

    Mais uma coisa…este pudim, assim como outros que já publiquei por aqui não necessita de nenhum ponto…
    A única coisa que é necessário fazer é o caramelo, que não tem qualquer ciência…basta pôr o açúcar com a água ao lume, sem mexer, e deixar que ganhe uma cor dourada. O mais importante é nunca mexer o caramelo!!!

    Beijinhos!

  13. Carina em 14 Dezembro, 2009

    Leonor, está magnífico!!!!!
    Quero fazer este bolo pudim o mais rápido possível!!!!
    Deixou-me com água na boca!!!!

    Beijinhos:)

  14. Moira em 14 Dezembro, 2009

    Adorei a sugestão, cá por casa também sobram sempre as claras. Já me disseram para as congelar, mas nunca experimentei.
    Fiquei com vontade de experimentar este bolo pudim para a ceia de Natal.

  15. Léia Silva em 15 Dezembro, 2009

    Querida Leonor, parabéns pelo carinho com teu leitor, voce é realmente incrivel! Creio que este presente sem embrulho agradou a todos!
    Um grande abraço
    Léia

  16. fátima antunes em 15 Dezembro, 2009

    Este blog é um presente constante…os laços vão ficando cada vez maiores…
    bjis para vós

  17. moranguita em 16 Dezembro, 2009

    ainda nao me atrevi a fazer um bo.o pudi,m. mas aqui esta uma versao que me agradou e muito
    beijinhos

  18. Maria Gomes em 23 Dezembro, 2009

    gostei de saber a dica do caramelo, coisa que não sabia
    muito obrigada
    tem tudo um aspecto delicioso
    abraço

  19. Cristina Caravela em 23 Dezembro, 2009

    Olá!

    Em primeiro lugar desejo-lhe um Feliz e Doce Natal.
    Em segundo uma perguntinha, se eu fizer este pudim e só desenformar no dia seguinte não haverá qualquer problema? Desenforma facilmente no outro dia?

    Um beijo
    Cristina C

  20. anabela em 4 Janeiro, 2010

    Olá!
    Antes demais quero desejar-lhe um bom ano!
    E, que continue a adoçar os nossos dias…!!!
    Cozinhar para mim é um prazer, a receita foi uma tentação!
    O bolo pudim ficou divinal.
    Bjinho
    Anabela

  21. Fátima Guerreiro em 5 Janeiro, 2010

    Parabéns pelas receitas, pelas fotos e pelo blog!
    Experimentei este bolo-pudim no Natal e gostaram tanto que houve quem sugerisse que poderia fazê-lo de novo para o almoço do dia de Ano Novo.
    Bem, e assim fiz.
    E resolvi também fazer o bolo de noz… Verdadeiramente deliciosos!
    Obrigada
    Um excelente ano de 2010!

    Um abraço
    Fátima

  22. Madalena em 13 Janeiro, 2010

    Olá Leonor,
    Mais uma vez obrigada pela receita. Algo correu mal, logo no dia de Natal, o sabor ficou delicioso, mas… não consegui que o pudim ficasse assim, simplesmente desfez-se, quando desenformei. Não sei o que aconteceu, pois segui a receita à regra, como sempre faço, e nunca sai mal.
    Mas… não vou ficar por aqui, vou tentar novamente.
    Obrigada mais uma vez.
    Feliz Ano Novo!!

    Um abraço

    Madalena

  23. juliana martins em 4 Março, 2010

    este pudim é divinal. experimentei e adorei.

  24. juliana martins em 4 Março, 2010

    * fiz o meu numa forma maior e o resultado foi igualmente interessante!

  25. Cláudia em 19 Março, 2010

    Olá Leonor! Em primeiro lugar, parabéns pelas receitas maravilhosas! Fiz este pudim, mas não correu muito bem. Segui a receita mas a massa não ficou nada fofa (ficou muito compacta) e não ficou uma distinção clara entre as duas partes (bolo e pudim). Também demorou bem mais para cozinhar (quase 2 horas). O que será que deu errado?
    Abraços

  26. Tânia em 9 Outubro, 2010

    Leonor uma dúvida existencial.. ao colocar a massa do bolo por cime da “massa” do pudim elas não se vão misturar? Quero muito experimentar esta receitas mas tenho medo que isso aconteça..

    Obrigada pelo blog! Tem coisas maravilhosamente perfeitas =)
    Abraço

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos