wordpress stat
Receita de Carbón dulce (carvão doce)

Também há Natal para quem se porta mal…

carbon dulce

Quando era pequenina, as semanas que antecediam o Natal traziam-me um exame de consciência profundo.
Temendo que as minhas maldades me pudessem privar dos tão ansiados presentes, agia como se o pai-natal me observasse a todo o momento e julgava-me a mim mesma a cada dia, para me certificar que nada poderia impedir a chegada do saco vermelho à minha porta.
É por isso que este ano, decidi abrir a época natalícia com a prenda para os meninos travessos…

… Aqui, o Natal é para todos…

O carbón dulce (carvão doce) é um presente de Natal típico de Espanha.
A tradição diz que os meninos que se portaram mal, em vez de presentes recebem carvão.
Como brincadeira, costuma dar-se carvão doce às crianças, antes das prendas, dizendo que é o “castigo” por se terem portado mal durante o ano. Apesar de tudo, o carvão é doce para que elas saibam que são boas e se podem portar melhor.

Antigamente o carvão doce era escurecido com fumo, mas agora é proíbido por questões de saúde e usa-se corante negro para conseguir o mesmo efeito.




Carbón dulce

70 g de glacé real
Corante alimentar negro
700 g de açúcar
230 g de água

Glacé Real:
1 clara (35 g)
5 gotas de sumo de limão
200 g de açúcar em pó

Corante alimentar negro.

Misturar todos os ingredientes até que fique uma massa homogénea.
Ao passar uma colher pelo centro da mistura, esta deve fazer “estrada” ficando o sulco marcado.
Juntar mais açúcar se necessário.
Adicionar corante alimentar negro.

Preparar uma formar rectângular forrada com papel vegetal e untar bem o papel.
Misturar o açúcar e a água num tacho, até 1/3 da sua altura.
Levar ao lume até que alcance os 126ºC, medindo a temperatura com um termómetro de açúcar.
Retirar do lume e juntar o glacé real.
Mexer com uma colher com movimentos circulares até que suba uma espuma branca.
Não parar de mexer até que a espuma volte a subir.
Verter sobre o papel e deixar arrefecer.
Partir o carvão em porções.




Comentários

34 Comentários to “Receita de Carbón dulce (carvão doce)”

  1. Mónica em 3 Dezembro, 2009

    isso fica tipo marshmallow, digo esponjoso?

  2. Cristina Caravela em 3 Dezembro, 2009

    ESPECTACULAR!!

    Cristina C.

  3. Leonor de Sousa Bastos em 3 Dezembro, 2009

    Mónica,

    O carvão doce fica muito duro…como um torrão de açúcar. Apesar de tudo, quando se trinca desfaz-se na boca…

    Beijinhos,

    Leonor

  4. Gina em 3 Dezembro, 2009

    Leonor, esse desconhecia completamente. Cada povo tem seus costumes e é muito interessante partilhar para que a gente aprenda! Adoro saber dessas coisas.
    Só criança para comer coisinhas tão doces, não?
    Bjs.

  5. Carol em 3 Dezembro, 2009

    Leonor, não sei qual dos seus últimos posts me inspirou mais…Cada um mais delicioso que o outro…E esse carvão doce, totalmente inédito pra mim!!! Meus parabéns, você é excelente!! Beijos

  6. Mónica em 3 Dezembro, 2009

    ah ok, muito obrigada

  7. Ameixinha em 3 Dezembro, 2009

    Depois dessa dose toda de açúcar… lá se vão os dentes he he É o castigo por se terem portado mal :)

  8. fátima antunes em 4 Dezembro, 2009

    Ficou lindíssimo este pedaço de carvão……doce!! IMPRESSIONANTE!!
    Um texto maravilhoso… que nos transporta às memórias inocentes dos Nataisda nossa infância….
    Confesso que não conhecia esta tradição de Espanha … uma brincadeira ternurenta .
    Bjis para vós .

  9. belocas em 4 Dezembro, 2009

    Não conhecia este doce nem esta tradição.
    Como é bom partilhar e aprender.
    Bjs e bom fim de semana

  10. Kuka em 4 Dezembro, 2009

    Bom dia.

    Carbón Dulce??? Quem mais se lembraria de tal…

    CHLEP!

  11. Léia Silva em 4 Dezembro, 2009

    O carvao doce também é tipico na Italia, mas eu nunca havia visto! No Brasil nao temos esta tradiçao!
    Muito interessante.
    Bjos
    Léia

  12. clara em 4 Dezembro, 2009

    Estive há alguns anos em Tenerife e encontrei lá este “doce” que achei muito original e, claro que o experimentei.É muito duro ao trincar mas desfaz–se com facilidade na boca,no entanto desconhecia por completo essa tradição tão “ternurenta” de até os meninos mal comportados terem um castigo tão bom…Agora que já conheço a tradição e a como a fazer vou tentar “castigar” muita gente neste Natal!! Muito obrigada e bom fim-de-semana.

  13. Cacahuete em 4 Dezembro, 2009

    Quando era crianca lembro-me da minha avo e mae dizerem que as criancas mal comportadas levavam carvao, mas nunca cheguei a ver tal doce ou carvao a serio, lol! Pensava que era mesmo carvao, desconhecia que havia este doce, que achei a maior piada. Ate parece que estou a ver a cara dos miudos que recebem o carvao dentro das botas junto a lareira.

    Beijos e bom fds

  14. Bárbara em 4 Dezembro, 2009

    Desconhecia totalmente este doce e tradição!
    Mutio interessante :)
    Parabens pelo fantastico blog! Mal posso esperar pelo livro :)

  15. Andrea em 4 Dezembro, 2009

    Eu nasci e cresci em España e lembro-me do carvão, no entanto eu como sempre fui uma menina bem comportada :):) nunca recebia o carvão e lembro-me que era eu que pedia à minha mae que me comprasse porque era muito bom e doce :):):)
    Vou sem dúvida experimentar esta receita.
    Aproveito para dizer que este site é simplesmente fantástico! Parabens
    E ja agora Feliz Natal

  16. Smas em 4 Dezembro, 2009

    Não conhecia o doce nem a tradição!
    Bem gira, adorava fazer com o meu filhote mas não vou estar em casa no Natal…
    Bjs

  17. borboleta africana em 4 Dezembro, 2009

    Vou portar-me mal…

  18. Moira em 4 Dezembro, 2009

    Desconhecia essa tradição, estamos sempre a aprender.
    Tem um aspecto curioso, parece mesmo carvão.

  19. moranguita em 4 Dezembro, 2009

    LEONOR NAO conhecia essa tradiçao
    copitadinhos sofriam antes da verdade hehe
    bom fim de semana

  20. Bombom em 4 Dezembro, 2009

    Também não conhecia esta tradição de Espanha. Achei uma ternura, mesmo por castigo!!! Vou tentar fazê-la para os meus Nétinhos que vêm de San Diego neste Natal! Eu também gostava de ter o seu Livro, será possível?
    Adoro este “Cantinho” tão doce e gostoso! Bom Natal. Bjs. Bombom

  21. Leonor de Sousa Bastos em 4 Dezembro, 2009

    Bombom,

    O livro só vai sair no próximo ano e, quando estiver à venda, vai ser possível encontrá-lo em todas as livrarias… Apesar de tudo, antes de sair, eu avisarei por aqui! :)

    Um beijinho,

    Leonor

  22. Leonor de Sousa Bastos em 4 Dezembro, 2009

    Léia,

    Não sabia que em Itália também havia o “carvão doce”, aliás, só depois de vir viver para Espanha é que soube desta tradição tão engraçada!

    Um beijinho,

    Leonor

  23. Carla em 4 Dezembro, 2009

    Leonor,

    Para receber um carvão doce até eu me portaria mal.
    Adorei conhecer essa tradição da Espanha.

    Bjs

    Carla

  24. José Carrilho em 6 Dezembro, 2009

    Olá,

    É a primeira vez que vejo isto.
    As crianças devem de achar uma piada a isto.
    Eu também acho, mas também sou criança :-)

    Cumprimentos,

    José

  25. Vasco Tavares em 7 Dezembro, 2009

    Oi Leonor tudo bem ? Primeiro parabens pelo excelente blog :) Não cheguei a ler todos os comentários por isso não sei se a minha pergunta estará repetida. Posso saber onde compraste o Corante Preto ?
    Obrigado e continuação de boas criações 😉

  26. Leonor de Sousa Bastos em 7 Dezembro, 2009

    Boa tarde Vasco,

    Obrigada pelo comentário!
    Eu não vivo em Portugal e por isso torna-se complicado indicar locais onde adquirir certos produtos.
    Apesar de tudo, sei que no Porto há duas lojas especializadas em pastelaria e onde se podem encontrar corantes alimentares: a pasgelpan (rua da alegria) e casa januário (rua do bonjardim).
    Noutras zonas do país não sei onde encontrá-los mas, será sempre em lojas especializadas…

    O carvão, sem o corante, também fica muito bem e, com outras cores poderá ficar com um efeito giro… Nos supermercados costuma haver corantes da Vahiné em tubos vermelho, azul e amarelo! :)

    Beijinhos,

    Leonor

  27. Micas em 8 Dezembro, 2009

    Estou fascinada com a história que aqui partilhaste sobre o carvão doce!
    Não tinha qualquer ideia desta ‘prenda’ para os meninos menos bons…

    O aspecto é tão real que se mo oferecessem, dificilmente acreditava que se desfizesse na boca!

    Excelente!

  28. Vasco Tavares em 8 Dezembro, 2009

    Obrigado Leonor pela resposta hipersónica :) creio que há um loja na rua braancamp (perto do marques de Pombal) que tem várias coisas dessas vou amanhã ver já isso.

    beijocas :)

  29. Canela em 13 Dezembro, 2009

    Olá Leonor
    Não fazia ideia nenhuma da existencia da tradição e do doce.Achei interessante a história,mas o doce tambem deve ser bem gostoso.
    Beijo

  30. Helena em 19 Dezembro, 2009

    Olá!

    Muitos parabéns pelo blog, tem-me inspirado a aprender a cozinhar =) Quando sair o livro vou comprar de certeza como presente para mim!

    Fiquei com uma dúvida neste post…Não percebi se estão duas formas de fazer, do género:
    a)”Misturar todos os ingredientes até que fique (…) corante alimentar negro.”
    b)”Preparar uma formar rectangular (…) o carvão em porções.”

    Se sim, onde é que entra o corante em b)? Se não, podia rapidamente dizer a ordem em que entram os ingredientes, porque não percebi…

    Outra questão que tenho é se o carvão pode ser utilizado como decoração? Eu estava a pensar fazer alguns com 3 ou 4 cores que combinassem e colocar num cubo transparente, mas o carvão vai-se manter conservado?

    Obrigada desde já =)

    Beijinho

  31. Nádia em 21 Dezembro, 2009

    Que giro!
    Temos na família uma ancestral tradição de receber pedras de carvão quando alguém se porta mal…
    Agora podemos adoçá-las!

  32. Luiz em 30 Dezembro, 2009

    Leonor,

    Tambem eu não fazia ideia da existencia deste doçe. Estou em pulgas para experimentar a receita.
    Muito obrigado por um trabalho tão bom. :)

  33. joana em 10 Dezembro, 2010

    Olá
    Alguém sabe se há à venda em Portugal?
    Obr
    Joana

  34. Madalena Freire em 11 Dezembro, 2012

    Boa tarde, gostaria de saber se é possível eu saber a que temperatura está o açúcar, sem ter um termómetro.

    Obrigado e felicitações pelo blog que está muito giro! 😀

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos