wordpress stat
Receita de Trufas

Trufas

“Os aromas misturados do chocolate, da baunilha, do cobre aquecido e da canela, são embriagantes, poderosamente sugestivos; o acre odor terroso das américas, o ardente resinoso da selva tropical. Assim é como viajo actualmente, como os Aztecas nos seus rituais sagrados”

Joanne Harris, Chocolat, 1999

Finalmente tenho um bocadinho de tempo para publicar as minhas trufas.

Estas trufas, ao estilo francês, consistem numa ganache de chocolate polvilhado com cacau.

As trufas receberam este nome, na década de 20, pelo seu aspecto similar ao de uma trufa (fungo subterrâneo… sim… essas que se leiloam por verdadeiras fortunas!).

Para 36 trufas:

275 g. de chocolate negro – mínimo 60% de cacau (eu usei de 70%)
250 ml de nata espessa
50 g. de manteiga à temperatura ambiente
50 g. de cacau em pó para cobrir as trufas

Picar o chocolate (com uma faca ou directamente na picadora) e reservar numa taça.
Ferver a nata.
Verter a nata sobre o chocolate, mexendo cuidadosamente (tentando não criar borbulhas).
Deixar arrefecer 2 minutos.
Juntar a manteiga em duas vezes e misturar suavemente.
A ganache deve ficar lisa, brilhante e não deve ter gordura à superfície.
Refrigerar no mínimo 3 horas ou toda a noite.
Passado este tempo, retirar a ganache e preparar um prato com o cacau em pó.
Passar as mãos por cacau e formar pequenas bolas.
Deixá-las cair sobre o prato com cacau e envolvê-las bem.
Voltar a refrigerar durante 1 hora, no mínimo.

O processo de bolear as trufas pode tornar-se complicado porque o chocolate se derrete facilmente nas mãos. Para mim, a forma mais simples é usar uma “colher esférica para melão”, que convém que esteja untada para que a trufa se solte bem.

Na minha opinião, estas trufas ficam melhores depois de umas horas no congelador. Quanto mais frias estiverem, menos seco parecerá o cacau. Aliás, eu congelei metade, porque além de se conservarem mais tempo, “longe da vista, longe da tentação“.




Comentários

7 Comentários to “Receita de Trufas”

  1. Arda em 15 Agosto, 2008

    delicious and easy to make.I have been have chocolate passion.Sometimes I have give a chocolate error :)

  2. Trufas brancas com pistacho | :: flagrante delícia | as sobremesas de leonor de sousa bastos :: em 1 Fevereiro, 2009

    […] fazer as bolas repetir o mesmo processo das trufas de chocolate negro, substituindo o cacau pelo pistacho […]

  3. Just a perfect day… | :: flagrante delícia | as sobremesas de leonor de sousa bastos :: em 1 Fevereiro, 2009

    […] há trufas para mais logo!! […]

  4. MARIA CLARA ALVES DA CONCEIÇÃO em 6 Janeiro, 2010

    Não sou capaz de “descolar-me” deste espaço.Só ontem tropecei ,por mero acaso, neste blog e……acho que fiquei viciada! Ainda não tive tempo de fazer nenhuma das receitas ,mas o pouco que li,com muita atenção,parece-me excelente,inovador e com uma apresentação 5******.Uma vez mais PARABÈNS !!!

  5. Fernanda Morábito em 2 Março, 2011

    Leonor, adorei seu site, da vontade de fazer tudo….delicias!
    Mas gostaria de saber o que seria nata, que vc diz, é a nata do leite quando fervido?
    Parabéns!!!!

  6. Madalena Nogueira em 15 Fevereiro, 2016

    adorei este espaço e só cheguei hoje aqui pq provei a receita do seu red velvet e fiquei fã. Acho que é um bolo que se ama ou se odeia e a sua receita fica fantástica.
    Em relação às trufas gostava só que me dissesse se qd vão ao congelador já vão com o cacau ou não e qual a melhor maneira de as guardar.
    Adoro cozinha mas sou uma simples curiosa.
    Obrigada

  7. Leonor de Sousa Bastos em 17 Fevereiro, 2016

    Olá Madelana!

    Fico encantada por ter gostado da receita de Red Velvet Cake. :)

    Em relação às trufas, basta que sejam refrigeradas. Eu gosto delas bastante frias pelo que costumo guardar no congelador e ir retirando as que quero comer (já polvilhadas com o cacau) com alguma antecedência, dependendo da temperatura ambiente. Com este tempo frio, penso que basta refrigerar as trufas.

    Ainda assim, a congelação ajuda a que durem mais tempo (pode conservar as trufas até três meses) . Guarde-as dentro de um recipiente hermético ou bem embrulhadas em película aderente ou dentro de um saco para congelação para evitar que fiquem queimadas com o frio.

    Espero ter ajudado.

    Um beijinho,

    Leonor

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos