wordpress stat
Receita de bolachas com pedaços de chocolate

O monstro das bolachas

A Rua Sésamo era um clássico do meu tempo de desenhos-animados e o monstro das bolachas sempre ocupou um lugar especial no meu top de preferências.
Lembro-me de o imitar, com o meu irmão David, e de enchermos a boca de bolachas até ao ponto de não a conseguirmos fechar… as nossas gargalhadas projectavam migalhas por todos os lados e essa era a nossa maior felicidade.

No fundo, acho que sempre gostei do monstro das bolachas porque é uma parte de mim. Aquela parte que desperta sem aviso e me faz ir para a cozinha de madrugada abrir todos os armários.

Nunca vos aconteceu ter aquela fome súbita capaz de devorar mil e uma iguarias? Aqueles momentos em que deliram com comida? E isto não vos acontece àquelas horas pouco impróprias e em que geralmente não é possível ir às compras?
Geralmente, comigo, as três respostas são afirmativas.

Ontem, tive um desses momentos impulsivos, obsessivos e compulsivos em que o monstro se apoderou de mim e me obrigou a meter as mãos na massa…

Houve migalhas por todos os lados.

Bolachas com pedaços de chocolate

Para 24 bolachas:

50 g de manteiga amolecida
75 g de açúcar
1 ovo pequeno, batido
100 g de farinha de trigo
½ colher de chá de fermento químico
30 g de amêndoa picada
50 g de chocolate negro de culinária, cortado em pequenos pedaços

Preparar um tabuleiro de forno com uma folha de papel vegetal.
Bater a manteiga com o açúcar até estar cremosa.
Juntar o ovo e a farinha peneirada com o fermento batendo apenas até incorporar todos os ingredientes.
Juntar a amêndoa e o chocolate e misturar.
Dividir a massa em 24 partes e formar bolas.
Refrigerar durante 30 minutos.
Pré-aquecer o forno a 190ºC.
Cozer as bolachas durante cerca de 5 a 10 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer durante 5 minutos antes de retirar do tabuleiro.
Arrefecer as bolachas sobre uma grade de pastelaria.




Comentários

38 Comentários to “Receita de bolachas com pedaços de chocolate”

  1. Marmita em 26 Outubro, 2010

    Bom dia,

    Mais uma vez um delícia de receita para começar bem o dia.

    beijos

  2. Marta em 26 Outubro, 2010

    Eu também adorava o monstro das bolachas. E também o imitava com a minha irmã. Aliás, há bem pouco tempo fizemos uma cena dessas as duas!
    E estas bolachinhas são ideais para isso. Comer e divertirmo-nos em família.

  3. Carla Nogueira em 26 Outubro, 2010

    Oi Leonor, eu me lembro de acordar de madrugada para comer panetone.
    Às vezes encontrava meu pai assistindo tv e ficávamos comendo até o dia amanhecer.

    Bjs

    Carla

  4. Sílvia em 26 Outubro, 2010

    Bom, fácil, rápido e bonito.

    Perfeito!

  5. Leonor Rodrigues em 26 Outubro, 2010

    Pena não ter um desses rasgos de criatividade quando o monstro se apodera de mim, para meter as mãos na massa e a qualquer hora soltar migalhas pelo chão.

    (Leonor)

  6. caroliny em 26 Outubro, 2010

    olá!!querida,,mas que monstro delicioso,nossa que maravilha,adorei,,
    caroliny!!!

  7. Maria João Vasconcelos em 26 Outubro, 2010

    Olá Leonor!!!!

    Como eu te compreendo!!! Esses “assaltos” de fome estranha que nos leva a pensar uma mil uma delicias, em que comia-mos este mundo e outro!!!
    Esse delicioso monstrinho era fantástico, o meu filho adorava-o e ainda hoje é uma das personagens que ele gosta (com 23 anos!!!)
    Estas deliciosas bolachinhas vão já para o meu caderninho de coisas a fazer, sem dúvida alguma e deve ser já no próximo fim de semana! Depois digo!!

    Obrigada pela partilha de mais uma flagrante delicia!!
    BJKS
    MJV

  8. Margarida em 26 Outubro, 2010

    Que maravilha!
    Até fiquei com vontade de saltar da cadeira e apoderar-me da cozinha mais próxima :-)))

  9. baking in lisbon em 26 Outubro, 2010

    As coisas simples são as que geralmente gostamos mais, estas bolachas dão vontade de ir a correr para a cozinha fazê-las!

  10. Ameixinha em 26 Outubro, 2010

    É o meu favorito, adorava o facto de ele escolher sempre a bolacha, deixando o dinheiro de lado. Sem dúvida que não há como não adorar um monstro tão querido assim :) E adoro bolachas, claro está!

  11. Álvaro Caiado em 26 Outubro, 2010

    Leonor que saudade destas maravilhas.As bolachas são concerteza óptimas…mas a prosa é sempre o MÁXIMO.Obrigado Princesa

  12. Leonor de Sousa Bastos em 27 Outubro, 2010

    Leonor,

    “A necessidade aguça o engenho”… todos conseguimos fazer pequenas magias quando queremos…:)
    Domingo à noite, sem nada em casa e com o cúmplice dos meus desejos ao meu lado, não tive outra alternativa…:)

    Beijinhosss!!!

  13. Claudia Lima em 27 Outubro, 2010

    Ai que tentação! Este biscoito ficou maravilhoso!
    Comeria um prato cheinho agora mesmo.
    Bjs :)

  14. belinhagulosa em 27 Outubro, 2010

    Que lindas que ficaram amiga,também tenho um monstro em mim mas é mais para as comer hihihihi
    beijokinhas

  15. baking in lisbon em 28 Outubro, 2010

    Leonor, fiz estas bolachas no próprio dia com algumas alterações porque não tinha tudo em casa (no meu blog está o resultado final). São fantásticas, muito obrigado por ter partilhado esta receita!

  16. maria célia em 28 Outubro, 2010

    Cara Leonor
    Acabo de sair da cozinha com a receita dobrada e o resultado foi maravilhoso, leve, macia e perfeita . Obrigada e parabéns!
    M Célia

  17. Leonor de Sousa Bastos em 28 Outubro, 2010

    Olá Maria Célia,

    Obrigada, eu!!! Ainda bem que gostou das bolachas!:)

    Beijinhos,

    Leonor

  18. moranguita em 28 Outubro, 2010

    eu em pequenina levantava sempre cedinho para ver a rua sesamo
    era o maximo:-)
    assim como as tuas bolachinhas
    que mimo
    beijinhos

  19. Maria Ana em 28 Outubro, 2010

    Adoro :)

    E adorei a história, estou completamente identificada!

    Beijinhos
    Maria Ana

  20. Alexandra Marques em 28 Outubro, 2010

    Este sábado vou fazê-las com a minha sobrinha, é perdida por chocolate 😉

    A Leonor podia publicar uma receita de pastéis de nata? Gostava de fazer em casa mas queria uma sugestão sua.

    Beijinhos!

  21. Poison Ivy em 29 Outubro, 2010

    Fiz ontem a dobrar para as minhas filhas levarem para a escola e adoraram. É uma receita simples e rápida, mas não ficaram tão bonitinhas como as da foto… Obrigada,Leonor!
    Cristina C.

  22. Ines em 31 Outubro, 2010

    Olá Leonor! Há muito tempo que não comento mas continuo a acompanhar o bog religiosamente:) Hoje de manhã fiz estas bolachinhas e ficaram deliciosas! Cozeram talvez um minuto demais, mas vão de certeza cumprir o objectivo: animar uma amiga em baixo de forma!

  23. Margarida Proença em 2 Novembro, 2010

    Olá Leonor.

    Fiz esta receita no fim-de-semana mas as minhas bolachas ficaram espalmadas, uma forma tipo “mini-vulcão”.
    Há algum truque para que fiquem com o aspecto achatado mas arredondado nas laterais como as suas?

    Obrigada

    Uma boa semana

    Margarida

  24. Leonor de Sousa Bastos em 2 Novembro, 2010

    Olá Margarida,

    Que estranho…
    Fez bolas com a massa? Refrigerou a massa?

    Beijinhos,

    Leonor

  25. Margarida Proença em 2 Novembro, 2010

    Sim fiz bolinhas e refrigerei-as…

    A massa pegava-se toda aos dedos de modo que as bolinhas não estavam lá muito perfeitas, mas depois no forno ficaram todas espalmadas. seria temperatura a mais? A menos?

    Esta é a primeira vez que experimento fazer bolachas! :) será por isso? ahah

    Mas vou tentar repetir no próximo fim de semana a ver o que acontece.

    Obrigada pela rápida reposta :)

    Beijinhos

  26. Alexandra Marques em 3 Novembro, 2010

    Aconteceu-me exactamente o mesmo que à Margarida…

    No entanto o sabor era óptimo, apenas o aspecto é que não ficou exactamente igual!

  27. Leonor de Sousa Bastos em 3 Novembro, 2010

    Olá Margarida,

    É um bocadinho difícil para mim, saber exactamente o que poderá ter acontecido para que as bolachas tenham tido um resultado tão estranho.

    Normalmente, se a massa não é refrigerada ou não se fazem bolas, a massa tem tendência a “espalhar-se” no tabuleiro (devido ao alto conteúdo em manteiga)…
    No entanto, se a massa estiver demasiado mole, pode moldar as bolas com as mãos enfarinhadas.

    Pode ainda congelar a massa das bolachas e pô-las no forno directamente…assim garante que a massa está bem fria no momento de ir ao forno.

    Também poderia ter sido por cozer as bolachas a uma temperatura demasiado baixa…experimente subir o forno para 200º C.

    As bolachas devem estar moles quando saem do forno…endurecem depois… se já saem do forno duras, ao arrefecer vão ficar muito duras!!

    Para que fiquem mais bonitas, eu uso chocolate extra e coloco sobre as bolas de massa antes de irem ao forno…assim, ficam sempre pepitas de chocolate à superfície, o que lhes dá um aspecto mais apetitoso!

    Espero ter ajudado!

    Beijinhos,

    Leonor

  28. Margarida Proença em 3 Novembro, 2010

    Olá Leonor

    Muito Obrigada pela resposta.

    Vou tentar refrigerar melhor, durante mais tempo ou então colocando no congelador com sugeriu.

    E talvez subindo o forno um pouco também.

    Vou tentar fazer este fim-de-semana e depois partilho se consegui um resultado diferente :)

    Obrigada

    Beijinhos

    Margarida

  29. Margarida Proença em 6 Novembro, 2010

    Olá Leonor

    Acabei de fazer mais uma fornada destas bolachas, e ficaram MUITO melhores! :) Muito obrigada pelos seus conselhos. De facto hoje refrigerei durante mais tempo (e o figrorifico não foi aberto durante esse periodo) e penso que terá sido isso que fez com que ficassem com muito melhor aspecto :)

    Ainda não as provei, estão ainda a arrefecer mas pelo menos de aspecto estão muito melhores! Estão mesmo tipo “monstro das bolachas”! 😀

    Muito Obrigadaaaaaaaaaaaaa

    Margarida

  30. Juanna em 18 Novembro, 2010

    Olá Leonor. Estou a pensar fazer estas bolachas para a festa da minha miúda e gostava de saber se posso fazer a massa no sábado para a cozer apenas no domingo, deixando-a no frigo a noite toda. Obrigada
    Juanna

  31. Leonor de Sousa Bastos em 18 Novembro, 2010

    Olá Juanna,

    Pode perfeitamente preparar a massa no Sábado e cozê-la no Domingo, aliás, pode prepará-la com mais antecedência, se quiser…

    Leia este link…
    http://www.flagrantedelicia.com/index.php?s=cookies+new+york+times

    Beijnhos,

    Leonor

  32. Anna Carolina Russo em 5 Dezembro, 2010

    Precisa cobrir a assadeira com alguma coisa ou coloca-se direto no congelador?

  33. Luciana Mendes em 30 Março, 2011

    Fiz e ficaram maravilhosas! Troquei 50 gramas de farinha de trigo por quinua, cereal andino, presente aqui no Brasil. Todos em casa amaram!!!

    Obrigada pela receita!!

  34. josi em 22 Junho, 2012

    olá td bem? estou gostando do seu site, só que tenho um sério problema de intolerancia a lactose e fermento quimico, lactose eu até consigo dar um jeito substituindo varias coisas, e tenho remedio pra controlar tbm, mas o fermento nao, entao queria saber quais das receitas que poderiam ser feitas sem o fermento? ficaria igual ou desandaria tdo? obrigada

  35. Cookiesaurus « Lollypoppe em 4 Julho, 2012

    […] I decided to make some chocolate chips cookies, I took an easy recipe and in 45 minutes I had a bunch of […]

  36. Sara F em 19 Novembro, 2012

    Olá Leonor!

    Acabei de fazer esta receita pela nhésima vez. Quando quero dar um presente a alguém, já sei o que fazer.
    Faço sempre o dobro da receita e uso chocolate de leite e chocolate amargo em partes iguais. Desta vez substituí as amêndoas por amendoins torrados (em casa claro). Ficaram muito muito boas.
    Para quem tem forno a gás fica o conselho: temperatura máxima, 7 minutos certinhos =)

  37. sophia em 10 Abril, 2013

    uma receita maravilhosa eu levei para o meu colegio

  38. sophia em 10 Abril, 2013

    eu adoro

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos