wordpress stat
Receita de Bolo de Café e Especiarias com Avelãs.

Ração de Combate

Disparo sobre as folhas que são brancas onde
há linhas de pássaros pousados que se levantam
profundamente. Há um voo a atravessar-me a carne
em todas as fendas, que se pode ver porque estão
abertas: as asas, as feridas, as flores flagrantes.
Não me importa o corpo crivado, se um poente se
derramar entre nós. Eu sei que uma guerra se faz
por menos fé que te tenho.

Ver receita

Receita de Granola com Sementes de Girassol, Coco e Amêndoas.

Acordar para dentro.

Acordo de pálpebras fechadas pela imprecisão da manhã. Estas noites em que me rebolo na cama têm o hábito de me trocar os sentidos. Perco as horas do tempo de rotação do planeta sobre si mesmo, da distância que se perde quando os sonhos entram pela retina. Do movimento.

Não há nada que demonstre o dia ou negue a escuridão. Procuro algo palpável. Um lugar onde agarrar os dedos abertos, atentos. Um guia para o silêncio.

Uso todos os instrumentos como lentes da verdade. O cheiro solar em todo o seu espectro. Os ruídos pequenos na aparência inerte do descampado. Eu não sinto, eu vibro. Uma música que se faz das coisas na pele pelos poros. Um arrepio.

É então que me sabe a luz pela boca adentro. Apago todas as candeias do firmamento porque me basta o teu nome para abrir os braços. Porque me chegam as mãos para medir a velocidade, o açúcar e o sol.

Celeste é a língua em que se escreve tão doce e eu uno-te ponto a ponto, cegamente. É dia.

Ver receita

Receita de bolo de amêndoa e tangerina

Janeiro, tangerinas e amêndoa

Esta semana foi difícil. Habituo-me com facilidade a deitar e a acordar tarde mas, inverter o processo torna-se bastante doloroso.

Desde há algum tempo que o meu relógio biológico anda completamente descompassado e, depois destas semanas de festa, o meu Jet lag é tal que até já duvidei se foi o pai natal ou eu quem passou todo um dia em viagem na distribuição das prendas.

Acordar tarde sabe-me especialmente mal no Inverno. A minha fotossíntese é condição essêncial de bem-estar e, quando os dias já duram tão pouco, há que aproveitar cada segundo de luz solar como se fosse o último.

Tenho feito um esforço enorme para entrar no compasso da normalidade e, mesmo com todos os sonos e insónias a que tenho direito, cada hora de dia me sabe melhor.

À sexta-feira, com o ritmo recuperado, não há festa que não pareça longínqua e, os dias de depuração são já mais do que suficientes para que uma inofensiva tangerina não suscite os pensamentos mais pecaminosos…

Ver receita

Receita de tangerinas cristalizadas

Tangerinas

(…) deixai-me agora falar
do fruto que me fascina,
pelo sabor, pela cor,
pelo aroma das sílabas:
tangerina, tangerina.

Eugénio de Andrade

Ver receita

Receita de Biscotti de amêndoa e arandos secos

Bis!!

Há receitas que se servem das nossas mãos sem cerimónia e sabem de cor o caminho até à boca.
Há dias em que um “bis” salta com a tampa do frasco e grita desesperadamente até às últimas migalhas…

Ver receita

Página seguinte »