wordpress stat
Receita de Bolo inglês

Um bolo para inglês ver…

bolo ingles


… e para comer também…





bolo ingles

Bolo inglês

225 g de manteiga amolecida
200 g de açúcar
4 ovos
300 g de farinha de trigo
½ pacote individual de levedura química (8 g)
150 ml de rum
120 g de passas
350 g de frutas cristalizadas

Frutas cristalizadas extra para decorar
Geleia de marmelo para pincelar

Macerar as passas em rum durante uma noite.
Escorrer as passas e reservar o rum restante.
Pré-aquecer o forno a 250ºC.
Untar e polvilhar de farinha uma forma de bolo inglês com uns 26 cm de comprimento.
Cortar as frutas em pequenos pedaços.
Bater a manteiga com o açúcar, até que estejam bem misturados.
Adicionar os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição.
Juntar a farinha peneirada com o fermento e bater apenas até ligar todos os ingredientes.
Incorporar as passas, com movimentos suaves, levantando a massa.
Juntar as frutas cristalizadas da mesma forma.
Deitar a massa na forma.
Colocar o bolo no forno e baixar a temperatura para 180ºC.
Quando se comece a formar uma crosta no bolo (10-15 minutos), fazer um golpe longitudinal na superfície do bolo.
Deixar cozer por aproximadamente 1 hora, comprovando com um palito que deve sair seco quando inserido no centro do bolo.
Retirar do forno e deixar arrefecer o bolo durante uns 10 minutos antes de desenformar.
Regar o bolo com o rum restante e pincelar com a geleia.
Enfeitar com frutas cristlizadas.
Deixar arrefecer completamente.
Guardar o bolo refrigerado coberto com papel aderente (conserva-se 1 a 2 semanas) e preparar preferentemente 4 dias antes de comer.
Retirar do frigorífico 30 minutos-1 hora antes de comer.

Porquê macerar as passas?

Macerar as passas num líquido torna-as mais moles e macias e contribui para equilibrar a quantidade de líquido na receita, já que estas podem absorver humidade da massa.
Além disso, o líquido usado dá um sabor especial à massa.

O rum extra, no final, torna o bolo mais húmido.




Comentários

30 Comentários to “Receita de Bolo inglês”

  1. Verena em 6 Dezembro, 2009

    Leonor, estou sem palavras ante à beleza das fotos!!!
    Lindo seu bolo e com certeza a brasileira aqui adoraria também!
    Beijos!

  2. Moira em 6 Dezembro, 2009

    Eu adoro bolo inglês, há anos que não como e esta é uma óptima lembrança para o fazer.
    Beijinho
    Manuela

  3. fátima antunes em 7 Dezembro, 2009

    É sempre um grande prazer andar por aqui…
    Um bolo lindíssimo com uma textura fantástica !!….. parece desfazer-se na
    boca….e as fotografias? um espanto!!
    Costumo fazer um bolo semelhante, uns quatro dias antes do Natal ,que não é encharcado em rum embora com noz muscada e canela…mas ,depois de ver esta receita…vou fazê-la ,com a devida antecedência….
    Leonor, o que faz às frutas cristalizadas do topo do bolo para ficarem tão brilhantes? Envolve-as numa calda açucarada quente?
    Muito obrigada pela sua partilha, tão cuidadosa ….
    Bjis para os dois

  4. purita em 7 Dezembro, 2009

    nem de propósito…para quem acabou de chegar de londres! :)

    que tal o weekend no Porto?

  5. Leonor de Sousa Bastos em 7 Dezembro, 2009

    Boa noite Fátima,

    O bolo inglês sempre fez parte da mesa de Natal de minha casa, mas nunca experimentei nenhuma versão com especiarias…também deve ficar delicioso!
    Não fiz nada às frutas cristalizadas…elas já eram assim brilhantes quando as comprei, mas sei que há frutas com um aspecto mais baço…
    Se quiser que as frutas fiquem mais brilhantes pode sempre pincelá-las com geleia (aqueça-a ligeiramente para que fique mais fluida).

    Outra opção é usar um brilho neutro ou gelatina de maçã diluída num bocadinho de água e aquecida e que se podem comprar em lojas especializadas em pastelaria!

    Um beijinho,

    Leonor

  6. Leonor de Sousa Bastos em 7 Dezembro, 2009

    Olá Purita,

    Que sorte! Londres deve ser uma cidade fantástica! :)

    O fim-de-semana no Porto já me parece tão longe que, agora que penso nisso, nem quero acreditar que só passou 1 semana!
    Correu tudo bem, mas o tempo foi pouco…
    Agora, já só penso na viagem do Natal! ;)

    beijinho!

  7. fátima antunes em 7 Dezembro, 2009

    Leonor

    Muito obrigada pela óptima lição que acabei de receber… a Leonor é sempre tão delicada connosco…
    Tenha uma BOA NOITE!

  8. Leonor Rodrigues em 7 Dezembro, 2009

    Olá Leonor,

    Como ficou lindo na fotografia o Bolo Inglês!
    Tinha uma receita que perdi e, apesar não ser um bolo de tradição natalícia madeirense, vai ficar na minha lista.

    Beijinho

    (Leonor)

  9. Ivana em 7 Dezembro, 2009

    guuua! me encantan estos plumcakes!!!
    tomo nota!
    besitos

  10. Susana Almeida em 7 Dezembro, 2009

    Um bolo de inglês que já me inspirou para a minha viagem a Londres em Fevereiro! Aspecto delicioso como sempre!
    bjs

  11. Conceição em 8 Dezembro, 2009

    Fiquei sem palavras só de olhar para a foto.
    O bolo inglês é uma delícia e este ficou um espectáculo.
    Bjs

  12. Fernando em 8 Dezembro, 2009

    É um prazer visitar este blogue, sobretudo quando se gosta de fazer e comer doces.
    O bolo inglês é um dos bolos que faço e que é sempre apreciado. Uma das coisas que melhora substancialmente este bolo é a utilização de açúcar amarelo em vez de açúcar branco, ou uma mistura de amarelo com açúcar de melaço natural, aquele açúcar quase preto e compacto que se encontra nos supermercados com rótulo em inglês.
    Para quem tem alguma dificuldade em conseguir com que as frutas fiquem igualmente repartidas por toda a massa do bolo, basta “humedecer” as frutas com um pouco de manteiga e envolvê-las em farinha, sem excessos.

    Abraço

  13. moranguita em 9 Dezembro, 2009

    Leonor nao sabi isso das passa.
    acjho que vou passar a tomer isso em conta.
    esta uma beleza este bolo.
    beijinhos

  14. Ana Powell em 9 Dezembro, 2009

    Sem dúvida alguma, para além de ter ficado lindo, uma autêntica delicia.
    Fico maravilhada com o teu trabalho x

  15. clara em 9 Dezembro, 2009

    Vou experimentar de certeza,fazendo no fim-de-semana estará no “ponto” no dia de Natal.Só tenho algum receio em relação ao rum. Em minha casa não apreciam muito o sabor de bebidas alcoólicas nos doces e tenho receio de o regar com rum correndo,contudo, o risco de alterar o resultado.Depois digo como ficou ou se sobrou algum.

  16. Leonor de Sousa Bastos em 9 Dezembro, 2009

    Clara,

    Eu fiz dois bolos: um com rum e outro sem rum.
    O bolo regado com rum fica mais húmido e o sabor não é demasiado forte mas o bolo sem rum também fica muito bom!
    Espero que gostem!

    Um beijinho,

    Leonor

  17. Léia Silva em 9 Dezembro, 2009

    Querida Leonor, nunca vi um bolo ingles tao maravilhoso como este, adoro frutas cristalizadas, e o rum da’ um perfume e sabor especial – adorei!
    Bjim
    Léia

  18. Patrícia em 9 Dezembro, 2009

    Este bolo inglês ficou divino…uma obra de arte!

  19. Paula em 10 Dezembro, 2009

    Andei na net á procura da receita de macarons, ( a Ladurèe não envia para Portugal….ficam para depois..que saudades de Paris….) deparei-me com este blog…que fantástico e os seus macarons!!! Vou experimentar a fazer vão sair um desastre de certeza…As fotos são lindas e de excelente qualidade, que vontade de ir para a cozinha ….Fiquei fã.. Que diz que Portugal não tem bons profissionais??

    Beijos…

  20. Lady_Bug em 10 Dezembro, 2009

    Estas devem ser as frutas cristalizadas mais bonitas que já vi… Por vezes encontram-se à venda umas já tão duras e secas, que compreendo que muita gente diga que não aprecia! As da Leonor têm um aspecto irresistível!
    Esse bolo deve ser fenomenal!

  21. Leonor de Sousa Bastos em 10 Dezembro, 2009

    Olá Lady_Bug,

    Eu costumava detestar frutas cristalizadas mas, neste momento, acho que o único sabor que não aprecio em doces é o do regaliz.
    Comprei as minhas frutas no El corte inglés de Palma…não sei se em Portugal também haverá frutas cristalizadas como estas, que são mais sumarentas do que as habituais.

    Um beijinho!

  22. Nina em 10 Dezembro, 2009

    Visito assiduamente o seu site e tenho experimentado várias receitas, sempre com sucesso. Fi-lo com o bolo inglês e o resultado final foi muito agradável , embora todo o processo seja semelhante ao do “meu” bolo inglês ( receita velhinha do Pantagruel). Tenho, porém, uma questão a colocar-lhe: para que apareçam frutas sobre o bolo, no final da cozedura (de acordo com a belíssima fotografia que publica), há que reservar algumas, que serão colocadas durante a cozedura e não no momento em que a massa é misturada, não será assim?
    Muito obrigada se puder esclarecer-me e muitos parabéns pelo fantástico trabalho.

  23. Leonor de Sousa Bastos em 10 Dezembro, 2009

    Nina,

    As frutas que estão por cima do bolo são colocadas no final da cozedura, depois de regar o bolo com o rum e o pincelar com geleia, tal como explico nas instruções da receita. Não as misturo na massa nem as coloco antes de cozer o bolo…

    Espero ter ajudado e agradeço o seu elogio,

    Leonor

  24. Alli em 11 Dezembro, 2009

    very cute and looks delicious too!

  25. Monica em 13 Dezembro, 2009

    Hummm!Parece delicioso!Estava atras de um bolo com frutas para o Natal,vou fazer este!Beijos Leonor,parabens pelas fotos e muito obrigado,suas receitas me ajudam muito.

  26. Clara ML em 21 Dezembro, 2009

    Tal como planeado, este fim-de-semana fiz o bolo…ficou com um aspecto idêntico ao da Leonor uma vez que usei frutas do Corte Inglês tal como indicou, não o reguei com rum e a casa ficou com um cheirinho…delicioso!!! Agora está no frigirifico a torturar-me até ao dia de Natal para o provar, e por isso, este ano pareço uma criaça a contar os dias que faltamo para o Natal , não para abrir as prendas mas para experimnetar o bolo….O bolo é muito fácil e rápido de fazer…Assim que puder digo qual o resultado quanto ao sabor.!!

  27. Micas em 22 Dezembro, 2009

    um Bolo Real… a primeira foto, dá mesmo ideia de estarmos perante a realeza!
    Lindo.
    bjs

  28. Ana Jesus em 29 Dezembro, 2009

    Olá Leonor!

    Esta receita fica bem numa forma de que dimensão? Vejo que o bolo da foto é pequeno, mas como leva 4 ovos, fiquei com essa dúvida…

    Em vez do rum, acha que vinho do Porto liga bem ou nem por isso?

    Obrigada!

    Bj e boas entradas! :)

  29. Ana Jesus em 29 Dezembro, 2009

    26cm, já vi… :)

  30. Clara ML em 4 Janeiro, 2010

    Verdadeiramente delicioso!!!Todos gostaram, o que fez com que durasse apenas 2 dias e …tive que repetir no ano novo…!

Comentar




    Translation



  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos