wordpress stat
Receita de Tiramisú

O que a primavera faz com as cerejeiras

tiramisu

As minhas palavras choveram sobre ti acariciando-te.
Amei desde há que tempo o teu corpo de nácar moreno.
Creio-te mesmo dona do universo.
Vou trazer-te das montanhas flores alegres «copihues»,
avelãs escuras, e cestos silvestres de beijos.
Quero fazer contigo
o que a primavera faz com as cerejeiras.

Pablo Neruda

A minha inspiração primaveril trouxe-me esta floresta negra fundida com um tiramisú




tiramisu

Tiramisú

Bolo de chocolate sem farinha

Xarope:
200 g de água
200 g de açúcar
60 g de Kirsch

Levar a água e o açúcar a ebulição.
Deixar ferver uns 5 minutos ou até que todo o açúcar se tenha dissolvido.
Deixar arrefecer e juntar o licor.

Mousse mascarpone:
4 gemas
80 g de açúcar
3 folhas de gelatina
250 g de mascarpone
125 ml de nata semi-montada

Demolhar as folhas de gelatina em água fria. Escorrer bem e limpar com um pano.
Bater as gemas com o açúcar em banho-maria até que alcancem os 85ºC.
Juntar às gemas, as folhas de gelatina previamente demolhadas e misturar até que se tenham dissolvido.
Juntar o mascarpone e misturar bem.
Quando a mistura alcance os 20º C, juntar a nata com movimentos suaves.
Deitar a mistura num saco pasteleiro e reservar.

100 a 200 g de cerejas
50 g de chocolate negro ralado
Cacau em pó q.b.

Montagem:

Embeber o bolo com o xarope.
Polvilhar com cacau e raspas de chocolate negro.
Pôr uma camada de cerejas partidas e descaroçadas.
Cobrir com a mousse de mascarpone.
Repetir o processo.

Decorei com uma lâmina de chocolate negro decorada com transfer para chocolate.




Comentários

43 Comentários to “Receita de Tiramisú”

  1. Leonor Rodrigues em 14 Maio, 2009

    Olá boa noite!

    Realmente a Leonor é uma artista, cada uma melhor que a outra!
    Se alguma vez abrir um restaurante, não se esqueça de me dizer onde fica :)

    Beijinhos

    (Leonor)

  2. Ameixinha em 14 Maio, 2009

    Se a Primavera visse isto… também ela desabrocharia. Aqui está um frio de rachar e eu já comia esta Primavera concentrada :)

  3. Claudia em 14 Maio, 2009

    Leonor,

    Você anda inspiradíssima ultimamente e estou certa que você vai enlouquecer o mundo com essa escultura de tiramisú. Um arraso, uma beleza, uma sobremesa fantástica… Adoraria provar sua criação..

    Beijos,

    Claudia

  4. Claudia Lima em 14 Maio, 2009

    Leonor que delírio este Tiramisú. Aqui adoramos esta sobremesa. Com este toque das cerejas deve ter ficado realmente delicioso!
    Aqui onde moro são imcompráveis, super caras! Uma pena, pois sou capaz de comer um pacote sozinha, numa sentada, de tanto que gosto.
    Bjs :)

  5. Moira em 14 Maio, 2009

    Leonor,
    Isto é um prazer quase proibido!
    Uma apresentação fantástica!
    Beijinhos
    Manuela

  6. irina em 15 Maio, 2009

    Iamiiiiiiii…………. apetecia-me vê-lo por dentro!

  7. Mari em 15 Maio, 2009

    Leonor minha linda, quisera eu ser tão inspirada como você!!! Que esplendor de doce… quanta delicadeza, quanto talento e quanta perfeição!! Menina, você é perfeita… uma pena estarmos tão distantes, pois se eu fosse sua vizinha, iria me candidatar a “provadora mor” das suas sobremesas!!
    Beijo grande,

    Mari

  8. Carla em 15 Maio, 2009

    Lindo como sempre.
    E deve estar delicioso, também.

    Bjs

  9. Memoria em 15 Maio, 2009

    Eu gosto muito de suas fotos.

  10. Léia Silva em 15 Maio, 2009

    Floresta negra com tiramisù é dos deuses! Ja’ imagino o sucesso que fara’ por aqui. Amo Pablo Neruda é meu poeta predileto, este post foi a perfeiçao da perfeiçao! Um abraço.

  11. Cristina Gouveia em 15 Maio, 2009

    Bom dia desde uma cidade do Funchal ensolarada!

    E que melhor forma de saudar a Primavera do que as palavras do Pablo Neruda uma guloseima com cerejas?! Parabéns Leonor!

    As nossas cerejas, encontram-se no Jardim da Serra e é fantástico ver aquele mar de flores brancas dar lugar a estes pequeno, coloridos e deliciosos frutos… Ah, e quem nunca pendurou um par de cerejas nas orelhas?! :)

    Tenham um excelente fim-de-semana!

  12. Chef Spadanini em 15 Maio, 2009

    Leonor, antes de mais muitos parabéns pelo blog, que é uma constante inspiração – quer em termos de receitas, quer em termos visuais.
    Tenho uma pergunta: onde se arranja transfer para chocolate? Tenho andado à procura para utilizar em bombons artesanais, mas não é fácil encontrar…
    Obrigado!

  13. leonor em 15 Maio, 2009

    Olá chef spadanini,

    Eu compro muitas coisas em lojas de pastelaria para profissionais mas já cheguei a ligar para a casa Januário, no Porto, à procura de alguns productos e há nomes que quase pedem para soletrar…
    Não tenho ideia de encontrar aí transfers para chocolate mas não sei se será possível pedir para encomendar.

    Muito provavelmente, em Lisboa, deve haver um leque maior de opções mas não sei dizer o nome nem onde se localizam essas lojas.
    (Apesar do meu pai e toda a sua família serem de Lisboa, confesso que conheço muito mal a capital)

    Beijinhos,

    Leonor

  14. leonor em 15 Maio, 2009

    Ontem, com o sono, não reparei que o post tinha sido publicado com a mesma fotografia repetida … ups!!!
    Como é que ninguém reparou e me avisou?!… Para a próxima vou trocar a receita e aposto que ninguém vai dar conta!…eheheh!

  15. Luisa Alexandra em 15 Maio, 2009

    Que mimoso!
    Ao olhar para as fotos tão fantásticas é natural que ninguém repare em lapsos!
    Os olhos são sempre os primeiros a comer Leonor!!!

  16. leonor em 15 Maio, 2009

    Olá Leonor!

    Não tinha chegado a agradecer a receita das” maminhas de noviça” que teve a gentileza de me enviar!
    Embora ela não tenha as instruções para fazer o creme um destes dias vou experimetá-la! :)

    Um beijinho!:)

  17. Gasparzinha em 15 Maio, 2009

    Que delírio!
    :)
    Fantástico. :) :) :)

  18. Isabel em 15 Maio, 2009

    Este espaço é de uma beleza irrepreensível. E é tão bom ver um blog/site português de nível superior como este! Parabéns por essa delícia linda de cereja e tiramisú.

  19. Receitasdapiteca em 15 Maio, 2009

    Bem amiga estas tuas fotos são autênticas obras de arte! Impressionante!! Esse tiramissu ficou mesmo lindo! Até dá pena ter de trincar… :)
    Bjcas.

  20. Vânia em 15 Maio, 2009

    Ahahah, nós ficamos tão embevecidos com as imagens que se trocares a receita ninguém nota! Quer dizer, eu pelo menos notava porque leio sempre tudinho até ao fim. Mas não apanhei o post com as duas imagens iguais ontem…

    Esta mistura de cerejas com o tiramisú, nesta pequena torre de prazeres deixa-me deslumbrada. Tu és sem dúvida dotada de arte, de bom gosto, de requinte! Ficou impecável, sem nada a apontar… Aposto que a mistura de sabores é extraordinária!

    Um beijo grande*

  21. isabel em 15 Maio, 2009

    Sempre que quero ver uma coisa bonita, passo por aqui.
    É a expressão maxima de comer com os olhos….
    Muitas felicidades, continue com o excelente trabalho 1

  22. Nathalie Carvalho em 15 Maio, 2009

    Quando venho a este blog, sinto-me um fracasso a fazer sobremesas, LOL!!!
    É com cada coisa mais linda e mais deliciosa que nos apresenta, parabéns pela sobremesa fantástica, deve ser divinal!
    Beijinhos

  23. borboleta africana em 15 Maio, 2009

    Olá Leonor

    Obrigada pela ajuda que me deste naquele assunto dos iogurtes de soja (respondi ao teu comentário no meu blog) . Desculpa estar a meter a foice em seara alheia mas talvez possa ajudar o Chef Spadanini .Existe uma loja em Lisboa na R. Santana à Lapa, 71 C tel 213625815 que epnso que se chama Capri. Também podemos colocar questões para marco.barreiros@capri.pt (tm 935411164). Eu descobri esta loja (que é para profissionais) quando andava à procura de texturas para fazer experiências relacionadas com a cozinha molecular. Podes fazer Copy Past deste texto e informá-lo. Para ti penso que também será útil consultares o site deles.
    bjs

  24. leonor em 15 Maio, 2009

    Olá Isabel!

    Acho óptimo que haja comunicação “cruzada” no blog.
    Agradeço imenso a tua ajuda e a informação e de certeza que o chef Spadanini também!

    Muito obrigada e um beijinho!

  25. irina em 15 Maio, 2009

    Fofinha, eu reparei na fotografia repetida… mas não sabia se deveria avisar-te via blog! Eu olhei várias vezes, quase como no ‘Descubra as diferenças’ e tentei uma maneira indirecta de te avisar com o meu comentário anterior!

    Eheh!

  26. linda em 15 Maio, 2009

    Cada vez que entro aqui fico com a boca cheia d’agua. Os olhos fascinados com as imagens. E hj tdo isso ilustrado por Pablo Neruda, nossa perfeito!
    bjs

  27. mesa para 4 em 15 Maio, 2009

    Já vi as fotos vim para baixo escrever comentário, fui para cima ver as fotos, ler tudo muito bem, vim para baixo fazer comentário , mas tive que ir para cima ver outra vez as fotos, isto tá mal, ou melhor tá bem, mas para quem comeu esta maravilha…

  28. Mariana em 15 Maio, 2009

    Leonor, desta os parabéns não vão (só) para ti mas para o teu fotógrafo especial. Tens aqui uma das fotos mais fantásticas que já vi!!! :)

    Muitos parabéns e força para continuar.

    Beijinhos
    Mariana

  29. Cristina em 16 Maio, 2009

    Pablo Neruda: que excerto lindo e que eu não conhecia…ou passei por ele sem me demorar.
    As cerejas: não só dos amores entre a Primavera e as cerejeiras resultam frutos deliciosamente interessantes, veja bem o que fez com as cerejas… abençoada comunhão.

    Mais uma poesia em forma de doce, magnificamente imortalizada pela sensibilidade do fotografo.
    Parabens e obrigada aos dois

    Cristina

  30. Clepsidra em 16 Maio, 2009

    Simplesmente singular!

    Sou sempre apanhada em flagrante, ao contemplar as delícias aqui partilhadas.
    A sensibilidade, a paixão, o carinho, e as belas fotografias, são notáveis.

    Desejo-lhe o maior sucesso!

    Se me permite gostaria de saber se a Leonor, me poderá ajudar numa receita que tanto procuro. Geleia de vinho.
    (O mais curioso, é que o meu sonho também era tirar o curso de direito e acabei por me virar para as panelas).
    Agradeço a atenção.

  31. João Pedro em 16 Maio, 2009

    Nem sempre a vida me permite tempo para a doçaria. Os salgados são mais simples de improvisar! Tenho recolhido receitas da cozinha conventual que, como é sabido, nos conventos masculinos tem menos sobremesas e utiliza muito os produtos da horta.
    Quando ou se decidir abrir um novo projecto é só dizer que, se lhe interessar, tudo ficará à sua disposição.
    Mas basta vêr o que nos apresenta a Leonor para nos sentirmos tentados a dedicar algum tempo mais aos doces bonitos desse seu mundo em que as obras de arte se podem saborear… e esta forma de comer as cerejas é disso testemunho.
    Testei já esta receita. É sublime, mesmo sem a “tampa” de chocolate que tive que improvisar… com prejuízo para a imagem. Obrigado.

    Todos os dias deveriam ser doces e só se poderá aceitar que, como oposto sejam salgados, nunca amargos…

  32. leonor em 16 Maio, 2009

    Olá Clepsidra!

    Numa breve visita ao google hoje de manhã, bastou-me por as palavras geleia, vinho e receita para me aparecerem imensos resultados.
    Estão aqui alguns deles para que possa ver e experimentar:

    http://www.gastronomias.com/doces/doce1949.htm

    http://sobretudoenada.blogs.sapo.pt/11423.html

    http://www.maxima.pt/1206/cul/500.shtml

    http://artesanatocomamor.multiply.com/reviews/item/63 (esta é de rosas com vinho)

    Espero ter ajudado.

    P.S. A cada dia agradeço ter saído do curso de direito…

    Beijos!

  33. AndreaDomingas em 16 Maio, 2009

    Belo, apetitoso, look profissionalíssimo! Redundante este comentário!

    Hoje vou eleogiar também o poema, que foi muito bem selecionado. Lindo!
    Bjs

  34. Filipe Coutinho Rato em 16 Maio, 2009

    Olá Leonor,
    Adoro este blog… todos os devaneios e demais criações sobre coulis de poema. Adoro salivar, sonhar e divagar com a flagrante delicia. Obrigado.
    Beijinhos,
    Flip

  35. Miguel Azevedo Peres em 17 Maio, 2009

    Leonor,

    É impressionante, cada vez melhor… Muitos parabéns!! bjs

  36. Mary em 17 Maio, 2009

    Olá!
    Mais uma receitinha,fantástico.E também deve ser deliciosa!
    as fotografias,não há palabras para descrever……lindas, lindas.

    Adoro todas as fotos do teu blog.
    já ouvi falar muito do bolo sem farinha,mas nunca fiz..

    beijo

  37. Nani em 17 Maio, 2009

    Olá Leonor, com muita pena minha mas fiquei uns tempos sem poder aceder e comentar no teu blog que é um dos que mais gosto de visitar, sempre com receitas lindas, apelativas e inovadoras, bjs.

  38. Manuela © em 17 Maio, 2009

    O que a primavera faz às cerejas e a ti, porque essa tua inspiração anda ao rubro! :) Eu morro de inveja é desse teu fotógrafo que tira fotos lindas e ainda come estas delícias todas 😛

  39. leonor em 18 Maio, 2009

    Obrigada Filipe pelo comentário tão querido!

    Mary, não sabia da fama do bolo sem farinha….pesquisei na net e apesar do meu também ser um bolo sem farinha é bastante diferente do que circula por aí!

    Nani, não entendo como não podia aceder ao flagrante delícia…estamos sempre aqui! :)

  40. argas em 19 Maio, 2009

    Este tiramisu tem uma classe 😐 ui 😀

  41. Canela em 19 Maio, 2009

    Leonor
    Perfeito este doce ,o poema e as fotos!
    Vou copiá-lo,ok?
    Bj

  42. luciana pasqualis em 21 Maio, 2009

    Felicitaciones!!!!!!!!
    No puedo dejar de mirar tu blog, me encanta todo! increible!!

  43. canaca em 27 Maio, 2009

    É o que se pode chamar dois em um.
    Doces que dão água na boca e fotografias lindas.
    Muitos parabéns

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos