wordpress stat
De partir o coco

Depois de ter partido duas facas e ferido o meu querido rolo da massa já não encontrava soluções…Mas porque é que o coco insiste em não se partir?!…
Quase temi pelos azulejos da cozinha, quando num acesso de riso o atirei violentamente contra o chão…foi fatal… o coco partiu-se com uma só gargalhada…:)

Bolo de coco e limão

2 dl de leite
60 g de coco ralado
100 g de manteiga
5 ovos
200 g de açúcar
Raspa de 1 limão e 50 ml de sumo
200 g de farinha com fermento

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Untar uma forma de 24 cm de diâmetro.
Ferver o leite e juntar-lhe o coco e a manteiga partida em cubinhos. Reservar.
Bater as gemas, com 100 g de açúcar e a raspa até que fique um creme esbranquiçado.
Juntar o leite e misturar bem.
Juntar a farinha.
Bater as claras em castelo, juntar o sumo de limão e os restantes 100 g de açúcar e continuar a bater até que a mistura esteja espessa.
Envolver as claras com cuidado na massa.
Cozer por 50 minutos.

* para formas de 12 cm de diâmetro demora apenas 15 minutos.

Para lhe dar um pouco de brilho, já que nas formas de silicone os bolos ficam um ar um pouco descorado, fervi 125 g de açúcar com 50 ml de água e 30 ml de sumo de limão até ganhar um pouco de ponto, deixei arrefecer e pincelei o bolo.
Polvilhei com coco fresco ralado.




Comentários

13 Comentários to “De partir o coco”

  1. Margarida em 13 Outubro, 2008

    Pobre coco.. O que vale é que ele se partiu a rir. Também outra coisa não se podia esperar! Até eu me fartei de rir.. Ahh! E de babar porque desse bolo eu também queria!! É porque… adoro coco fresco! beijinhoss

  2. meninadesonhos em 13 Outubro, 2008

    Todo o blog tem um aspecto delicioso…

    E ainda por cima tem receitas daquilo que mais adoro fazer na cozinha.. Doces!

    Muitos parabéns…

    =)

  3. j... em 13 Outubro, 2008

    Filtra lá este comentário como fizeste com o anterior… 😉

    De qualquer forma, para a próxima utiliza um martelo. Ou uma pedra. Ou uma catana (como vi fazerem na Tailândia, LOL). A sério. Muitos anos de observação & prática…

    Pronto, pelo menos agora já sabes. Já não se perde tudo.

    Adeuzinho!

  4. Kláudinha em 14 Outubro, 2008

    lolol temos que ser práticas e perder a compustura de vez em quando… quer dizer… podemos fazer como o meu piratinha que manda as coisas para o chão e com uma carinha muito inocente e uma voz muito doce diz: “oh!!! caíu…. “
    lol

  5. Leonor de Sousa Bastos em 14 Outubro, 2008

    Eu quase não costumo responder a comentários no meu próprio blog, mas hoje sinto-me obrigada a um esclareciemento.
    “j…” eu publiquei o comentário anterior, mas só dias mais tarde porque estava no Porto e via os meus emails pelo telemóvel…não o aceitei imediatamente porque provavelemente o abri sem o aceitar só tendo reparado mais tarde!
    Quanto ao coco, infelizmente não tenho um martelo e nunca me aventurei com uma catana…mas para a próxima vou tentar não me esquecer da dica…:P

  6. anabela martins em 14 Outubro, 2008

    Ola
    Sou assinante do seu feed, e colecionadora das sua receitas, vou lhe deixar uma dica que eu uso para partir os cocos,coloca o coco no forno quente uns 10 a 15 minutos, e dps faz o furinho para sair o leite, de seguida eu costumo parti -lo com um martelo, mas basta so uma pancada que se parte na hora, comigo resultou sempre, e mais uma vez parabens pelo blog, receitas e fotos , tudo fantastico.;)anabela

  7. pipoka em 14 Outubro, 2008

    Leonor…

    Tinha conseguido perder uns quilitos durante a tua ausência, mas já está tudo estragado… estas a ver como me deixam as tuas receitas? Até me dá para escrever comentários tontos…;-)

    bjs

    PS – aquela receita lá de baixo (dos pães doces) não me escapa!

  8. Moira em 14 Outubro, 2008

    E eu parti o coco a rir com a história do coco. Eu não sou apreciadora de coco mas sei quem vai adorar lá em casa.
    Bjs

  9. j... em 14 Outubro, 2008

    :P!

    Agora apanhaste-me bem, lol.

    Mas… tens de arranjar uma catana, Esse objecto incontornável!

  10. ameixa seca em 14 Outubro, 2008

    Ainda dizem que a violência não é solução… ai não que não é!!! Pimba que era uma vez um coco 😉
    Que bolinhos fofinhos… adoro coco!

  11. Anette em 14 Outubro, 2008

    2 dos meus ingredientes favoritos: coco e limão!
    Receita anotadíssima!
    Beijo

  12. Mão na Massa em 15 Outubro, 2008

    Eu juro leonor!
    A cada momento que passa acho que estou a ficar mais fã do teu blog!
    As tuas receitas são fantásticas e tu também. Bjs!

  13. AndreaDomingas em 19 Outubro, 2008

    Adorei a combinação côco-limão! Essa eu nunca provei!
    Para partir o côco uma dica certa(tire a água primeiro): procure pelos lados do côco onde está a “emenda” da casca. Sim, existe uma linha que vai de cima a baixo. Coloque o côco na mão com a “emenda” formando uma linha vertical diante de si. Aí dê uma martelada perpendicularmente e exatamente nesta linha. Não precisa ser tão forte. Ele vai rachar e se precisar siga a linha rachada dando outras marteladinhas. Dá certo e o côco se parte pela metade!
    Bjs

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos