wordpress stat
Receita de bolo de ameixas

Ameixas…






“(…) Enquanto o vento triste galopa matando borboletas
eu amo-te, e a minha alegria morde a tua boca de ameixa.”

Pablo Neruda









Bolo de Ameixas

Para 8 pessoas:

112 g de manteiga amolecida
150 g de açúcar
2 ovos
120 g de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento químico
1 pitada de sal

12 ameixas
1 colher de chá de canela moída
Sumo de limão q.b.
Açúcar q.b.

Pré-aquecer o forno a 180º C.
Untar com manteiga e polvilhar de farinha uma forma de 23 cm de lado.
Bater a manteiga com o açúcar até que fique um preparado cremoso.
Juntar a farinha peneirada com o fermento e o sal e depois os ovos, batendo até que a masssa esteja uniforme.
Estender a massa na base da forma alisando bem a superfície.
Lavar e descaroçar as ameixas.
Cortar as ameixas em fatias grossas e distribuir uniformemente por cima da massa.
Polvilhar com o açúcar e canela e regar com sumo de limão (a quantidade de açúcar e sumo de limão depende da doçura das ameixas).
Levar ao forno por cerca de 50 minutos ou até que um palito inserido no centro do bolo saia seco.
Servir morno ou frio.

Sugestão: Acompanhar com chantilly.

Fonte: New York Times




Comentários

34 Comentários to “Receita de bolo de ameixas”

  1. Maria João Vasconcelos em 24 Setembro, 2010

    Olá Leonor!!!

    Mais uma maravilha!! Eu que gosto tanto de ameixas e deste tipo de bolo, húmido!!
    Vou experimentar certamente!!
    Gostei muito de ver as fotos da Essência do Vinho, tive pena não poder ir!!

    BJKS
    MJV

  2. Babette em 24 Setembro, 2010

    Peço desculpa pela redundância, mas é uma flagrante delícia…
    Babette

  3. Ana Rita Lebreiro em 24 Setembro, 2010

    Parece delicioso!! bjs

  4. Leonor Rodrigues em 24 Setembro, 2010

    Olá Leonor!

    Que lindo que está o bolo!
    As fotografias lindíssimas são sugestivas e convidativas.
    E eu que adoro ameixas!
    Não posso deixar de experimentar…(que se lixe a dieta!)

    Beijinho

  5. Vânia Costa em 24 Setembro, 2010

    Deliciosamente perfeito!

    Um beijo grande querida Leonor*

  6. me. em 24 Setembro, 2010

    uhmm, até lhe sinto o aroma! :)

  7. Carla Nogueira em 24 Setembro, 2010

    Leonor,

    dá impressão que o bolo desmancha na boca. Hummmm…

    Bjs

    Carla

  8. Érika em 24 Setembro, 2010

    Leonor!

    Obrigada por estar aqui novamente. Senti muito sua falta!
    By the way, estive visitando alguns post de outros países (sou brasileira!) e tem uma referência que não consegui uma boa tradução a não ser ” creme de chocoteamento”. O que seria isso?

    beijos

  9. carla cesarina em 24 Setembro, 2010

    so de olhar …. hummm acho que vou experimentar , e diferente e so o aspecto da vontade de ir ja fazer pa ver se fica assim, com este aspecto delicioso!!!!!!!

  10. Patrícia Vilela em 24 Setembro, 2010

    Que maravilha de receita! E Neruda a acompanhar… :)

  11. Carla em 25 Setembro, 2010

    Fiquei com vontade de experimentar! bom fim-de-semana*

  12. Bombom em 26 Setembro, 2010

    Um magnífico bolo para saborear numa tarde de Outono…
    Com requinte!
    Bjs. Bombom

  13. ana maciel em 27 Setembro, 2010

    Leonor
    Fiz este bolo no sábado, mas não acompanhei com chantilly. As malvadas natas resolveram não crescer…e optei por um creme custard morninho… de comer e chorar por mais…o bolo fica deliciosamente húmido e a mistura dos sabores de ameixa, limão e canela é divinal. Usei açúcar amarelo, o que lhe conferiu um tom de mel muito apetecível!

  14. ana maciel em 27 Setembro, 2010

    com o entusiamo, esqueci-me…um beijo para si Leonor e continue por favor a mimar-nos com este blog fabuloso
    Ana Maciel

  15. Ameixinha em 27 Setembro, 2010

    Este é mesmo a minha cara :)

  16. Leonor de Sousa Bastos em 28 Setembro, 2010

    Olá Ana,

    Ainda bem que gostou do bolo, fico contente! :)

    Tenho pena que o seu chantilly não tenha subido e vou dar-lhe algumas dicas para que não falhe!

    O chantilly é uma “espuma de nata” que se estabiliza pelo seu conteúdo em gordura (o ideal numa nata para bater são cerca de 32-35% de matéria gorda).

    A batedeira introduz ar na nata.
    Inicialmente as borbulhas de ar duram pouco. A nata começa a estabilizar-se quando as membranas protectoras dos glóbulos de gordura se rompem(pela acção da batedeira) formando “paredes” à volta das borbulhas de ar numa rede contínua que lhe confere uma estrutura definida e persistente.

    O calor amolece a gordura da nata e, para batê-la com sucesso esta deve estar bem fria (entre 5º e 10º C).
    Se a temperatura ambiente for elevada, convém que a taça onde se bate a nata esteja fria também (introduz-se uns minutos no congelador antes de usar) porque a acção de bater e o ar introduzido vão aquecer a nata.

    O ideal é manter a nata refrigerada durante 12 horas ou mais antes de a bater já que a nata refrigerada justamente antes de bater solta líquido e desinfla as borbulhas de ar.

    Um beijinho,

    Leonor

  17. Leonor de Sousa Bastos em 28 Setembro, 2010

    Olá Érika,

    Gostaria imenso de a ajudar mas, talvez fosse mais simples a partir da palavra original do que da tradução do google!

    Beijinhos,

    Leonor

  18. Érika em 28 Setembro, 2010

    Acho que era ” whipping cream “! :O))
    Obrigada querida!
    Beijos

  19. Leonor de Sousa Bastos em 28 Setembro, 2010

    Érika,

    Isso é nata batida… chantilly! :)

    Beijinhos,

    Leonor

  20. Juanna em 28 Setembro, 2010

    Tinha pensado em fazer este bolo com maçã reineta, o que acha? Obrigada!

  21. Smas em 29 Setembro, 2010

    Humm, que delícia de bolo!!!!
    E eu sem forno durante uns tempos…
    Bjs

  22. moranguita em 29 Setembro, 2010

    este bolo fica humido devido a fruata
    gosto tanto leonor
    beijinhos

  23. Léia Silva em 30 Setembro, 2010

    Querida Leonor
    Adoro ameixa e nessa época como todos os dias. Adorei a receita da torta, quero experimenta’-la,
    Um grande abraço
    Léia

  24. Rosemary Souza em 1 Outubro, 2010

    “Benza Deus” Leonor, dizer que você é uma artista, não tem novidade alguma. Só sei que você enche meus olhos e aguça os meus sentidos, digamos, da gula. Moro em uma Ilha em Florianópolis maravilhosa, no Estado de Santa Catarina, Brasil, e há muito te acompanho pelo site e te admiro.
    Que Deus te conserve com tamanha competência, aliada a uma criatividade ímpar.
    bjs. Rose.

  25. susana canhola em 3 Outubro, 2010

    Experimentei.
    Ficou delicioso embora não com a mesma aparencia do que este aqui apresentado na foto.
    Tomei a liberdade de comentar esta receita no meu blog, assim como também a felicito, que já sou uma leitora assidua.
    Um abraço.
    Um optimo fim de semana

  26. Mão na Massa em 3 Outubro, 2010

    Leonor, mais uma das tuas delícias! Ameixa é dos meus frutos preferidos, e a tua receita deixou-me curiosa com o sabor :-)
    Adorei, mais uma vez
    Beijinhos*

  27. Gasparzinha em 6 Outubro, 2010

    Hoje para receber a família cá em casa, a sobremesa foi este bolo delicioso.
    Foi unanimemente devorado!
    Acompanhámos com gelado caseiro de baunilha: perfeita aliança.

    Beijinhos

  28. Leonor de Sousa Bastos em 6 Outubro, 2010

    Gasparzinha,

    Que bom ter as tuas palavras! :) Fico imensamente contente com o teu comentário!
    Que bom que gostaste e que todos gostaram! :) A tua aprovação é motivo de grande orgulho!:)

    Beijinhos!

  29. Ana Trigo em 9 Outubro, 2010

    Leonor, acabei de conhecer seu blog e achei-o fabuloso. As fotos parecem exalar o perfume das delícias retratadas. Como aqui no Brasil não estamos na época das ameixas (agora muito caras e um pouco azedas) fiz sua receita com bananas. Com o perdão da falta de modéstia, ficou ma-ra-vi-lho-so!
    Obrigada por compartilhar seu conhecimento conosco. É muito generoso de sua parte.
    Abraços

  30. Joaninha em 11 Outubro, 2010

    Já fiz, twice!

  31. Rosa Maria Fonseca em 11 Outubro, 2010

    Olá, Leonor
    sempre que posso, passo por aqui para me inspirar para os meus almoços de família.Ontem, domingo de sol terno e tímido,experimentei o bolo de ameixas…com maçãs.Porque na cozinha, a criatividade é “madre das cousas”.O bolo ficou macio,o toque do limão deu-lhe um gosto original…
    Obrigada e parabéns.
    Rosa Maria
    Amarante

  32. Claudia Reis em 29 Outubro, 2010

    Quem não tem cão caça com gato! Na falta de ameixas utilizei a maçã que alguns dos seguidores sugeriram. Ficou delicioso! Ideal para uma tarde de chuva como a de hoje. Beijinhos Leonor!

  33. Raquel Vale em 14 Novembro, 2010

    Fiz ontem o bolo e ficou delicioso!
    Eu que nem sou grande mestre de culinária, sempre que faço uma receita deste site faço um brilharete!!

  34. Helena em 1 Julho, 2012

    Olá, fiz este bolo hoje e ficou uma delicia. Adooorei! Só tive um problemazito… usei ameixas vermelhas e elas ficaram todas no fundo do bolo! Gostava que tivessem ficado tambem pelo meio do bolo como na imagem do seu bolo. Para proxima tento por as ameixas em fatias mais finas. De qualquer das formas os meus Parabéns pelo seu talento. Tem umas mãos de fada!!

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos