wordpress stat
Receita de Folhas de Outono

Folhas de Outono




É outono, desprende-te de mim.

Solta-me os cabelos, potros indomáveis
sem nenhuma melancolia,
sem encontros marcados,
sem cartas a responder.

Deixa-me o braço direito,
o mais ardente dos meus braços,
o mais azul,
o mais feito para voar.

Devolve-me o rosto de um verão
sem a febre de tantos lábios,
sem nenhum rumor de lágrimas
nas pálpebras acesas.

Deixa-me só, vegetal e só,
correndo como rio de folhas
para a noite onde a mais bela aventura
se escreve exactamente sem nenhuma letra.

Eugénio de Andrade







Folhas de Outono

Para 60 unidades:

100 g de manteiga amolecida
225 g de açúcar amarelo
1 ovo, batido
225 g de farinha de trigo

Bater a manteiga com o açúcar até estar um preparado cremoso.
Juntar o ovo e bater bem.
Adicionar a farinha e misturar até homogeneizar a massa.
Refrigerar durante cerca de 30 minutos, embrulhada em película aderente.
Pré-aquecer o forno a 180º C.
Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal.
Estender a massa com cerca de 5 mm de espesura, sobre uma superfície ligeiramente enfarinhada.
Reunir todas as aparas de massa e estender novamente.
Cortar as bolachas com um cortador e colocar no tabuleiro.
Cozer durante cerca de 8 a 10 minutos, ou até que as bolachas estejam ligeiramente douradas.
Deixar arrefecer ligeiramente no tabuleiro antes de as retirar.




Comentários

36 Comentários to “Receita de Folhas de Outono”

  1. gi dinis em 14 Novembro, 2010

    linda sua ideia! Obrigada por partilhar, dá-nos ideias também…beijinhos de outono–gi.

  2. Isabel Marques em 14 Novembro, 2010

    está lindíssima a montagem!!!

  3. Ana Paula Passos em 14 Novembro, 2010

    Lindo! Palavras para quê?

  4. Mão na Massa em 14 Novembro, 2010

    Ficaram tão lindas Leonor! Mais uma vez, superaste as expectativas *
    Beijinhos

  5. Vânia Costa em 14 Novembro, 2010

    Maravilhoso! Estou sem palavras! Que lindo…

  6. Patrícia Vilela em 14 Novembro, 2010

    Todo o amor possível em cada detalhe, em cada traço singular…*

  7. Gasparzinha em 15 Novembro, 2010

    Adoro tudo o que, como diz tão bem o poeta, “se escreve exactamente sem nenhuma letra”.
    A beleza das imagens que nos tocam são assim, escrita com a perfeição que nem leva letras – e aqui ficou cristalizada a beleza do Outono. :)

  8. Maria João Seia em 15 Novembro, 2010

    Boa noite Leonor
    Não desfazendo nas Folhas/Bolacha, que com toda a certeza são deliciosas, a Foto das Folhas reais está linda de morrer. Parabéns ao fotógrafo e a si por mais uma fantástica ideia. Beijinhos

  9. Moira em 15 Novembro, 2010

    Ficaram tão giras as folhinhas. Nunca vi cortadores tão giros.
    Beijinho
    Manuela

  10. Marta em 15 Novembro, 2010

    Lindíssimo!

  11. Álvaro Caiado Lopes em 15 Novembro, 2010

    Lindas.Excelente idéia.

  12. Leonor de Sousa Bastos em 15 Novembro, 2010

    Manuela,

    É claro que estas bolachas não foram feitas com nenhum cortador….recortei a massa com uma faca! :)

    Beijinhos!!!

  13. Moira em 15 Novembro, 2010

    Eu devia ter calculado que tinha sido a tua veia artistica a magicar estas folhinhas secas :)
    Vais ver que agora ainda aparece alguma empresa a fazer os cortadores das folhas do Flagrante Delícia.
    Gostei mesmo muito que num destes dias vou tentar fazer.
    Beijinho

  14. Rita Pereira Gomes em 15 Novembro, 2010

    Que bonito! Todas as vezes que passo por aqui fico impressionada com os projectos deliciosos que apresenta.
    Parabéns, honra todos os portugueses.

  15. belinhagulosa em 15 Novembro, 2010

    Que lindas folhas amiga,perfeitas bolachinhas,como sempre um post maravilhoso,bjokinhas

  16. sofia em 15 Novembro, 2010

    que ideia linda! parabens!
    sofia

  17. fátima antunes em 15 Novembro, 2010

    Deslumbrante !!!!!!!!!!!!!!!!
    Um blog, sempre repleto de sensibilidade !
    Também eu fiquei sem palavras… é fantástica a sua partilha em todas as vertentes.

  18. Barbara em 15 Novembro, 2010

    Que lindo :)

  19. Romy em 15 Novembro, 2010

    Olá Leonor,

    Até já iam algumas com um cházinho.

    Ficaram lindas !
    :)

  20. Sara em 15 Novembro, 2010

    Parabéns ao fotógrafo. São as folhas de outono mais lindas que já vi. Olhar para a foto transmite uma calma imensa e aquece-nos o coração nestes dias frios.

  21. nivia em 15 Novembro, 2010

    Olá,

    Suas receitas são maravilhosas e as fotos também.
    Gostaria de saber o que é açúcar amarelo, sou brasileira e não temos açucar com esse nome lá.

  22. Leonor de Sousa Bastos em 16 Novembro, 2010

    Olá Nivia,

    Obrigada pelo seu comentário!
    Nunca vi açúcar amarelo sem ser em Portugal…
    O açúcar amarelo é um açúcar que não foi totalmente refinado e que contém uma parte de melaço. É um açúcar húmido, de cor dourada e com um sabor característico.

    Pode substituir este açúcar por açúcar mascavado claro…

    Beijinhos!

  23. Lau V. em 16 Novembro, 2010

    Leonor

    O açúcar amarelo não seria o açúcar demerara aqui no Brasil?

    Açúcar demerara:
    http://www.organicaalimentos.com.br/img/produto/mercearia/acucardourado2.png

    Amei as folhas, tão lindas! =)

    Beijos!

  24. moranguita em 16 Novembro, 2010

    que bonitas iamgens destas folhas.
    lindo trabbalho
    beijocas

  25. Carla Nogueira em 16 Novembro, 2010

    Lindas bolachas e a produção ficou magnifica.

    Bjs

    Carla

  26. Leonor de Sousa Bastos em 16 Novembro, 2010

    Olá Lau,

    O açúcar demerada é mesmo esse mas, o açúcar amarelo é diferente…
    Vou tirar uma fotografia porque não encontro nenhuma imagem na net em que se perceba bem o aspecto do dito açúcar e ponho aqui mais logo…

    Depois respondo ao seu email…é que só vim a casa almoçar e já estou de saída!

    Beijos,

    Leonor

  27. Elly em 16 Novembro, 2010

    E eu que andei no fim-de-semana à procura de uma receita para experimentar as minhas formas de biscoitos, fiz uma receita que correu mal, agora percebo porquê, faltava o ovo! Vou experimentar :)
    obrigada
    bonita composição, da foto, do poema, da apresentação dos biscoitos!

    Parabéns pelo blog e o que se seguiu :)

  28. Cláudia em 17 Novembro, 2010

    Espero poder ajudar a Nívia. Sou portuguesa e vivo no Brasil há 5 anos…realmente aqui não existe o açúcar amarelo. O açúcar demerara é tem o grão muito maior e é seco. Já o açúcar amarelo vendido em Portugal tem uma textura mais fina e retém um pouco mais de humidade. A melhor alternativa é usar um açúcar mascavo claro. A troca pode ser feita na perfeição. Nunca tive problemas.

    Cláudia

  29. ana gama em 18 Novembro, 2010

    Ola Leonor!

    Fiz esta receita ontem para estrear os meus novos cortadores de bolachas :)

    So tive um problema..é que nao consegui nenhum creme espesso com o açucar e a manteiga, so depois de por o ovo é que ficou com esse aspecto..terá sido por ter usado o mascavado? Eu achava que amarelo e mascavado era igual mas antes de escrever este post fui googlar e ja vi que estava enganada :)

    Ficaram boas mas um bocadinho estaladiças para o que eu queria..nao tem nenhuma receita em que elas fiquem mais fofinhas? É que ainda nao encontrei a receita ideal… :(

  30. Leonor de Sousa Bastos em 19 Novembro, 2010
  31. Virgilio Moura em 21 Novembro, 2010

    é um prazer renovado acessar este teu sitio, mais uma vez, vou afirmar, é uma delícia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  32. Alice em 23 Novembro, 2010

    Bem já não vinha aqui à algum tempo e…ADOREI!!! Muitos parabéns , cá em casa adoram bolachas e açúcar amarelo…tenho de experimentar ..sem dúvida!!! Muitos Parabéns!!!
    Alice

  33. judite diogo em 28 Novembro, 2010

    Queria dar-lhe os parabéns pelo bom-gosto em tudo,mas MESMO tudo que nos dá a conhecer.
    Já segui algumas das suas receitas- o meu presente de aniversário para mim própria…foi o seu livro -e hoje à tarde fiz estas fantásticas bolachinhas com a minha filhota leonor de 3 anos.Substituímos as folhas por árvores de natal,estrelinhas,coraçõese anjinhos.E não imagina a satisfação,aliás estas coisas começam de pequenininhos,não concorda?
    Ela adorou estender a massa com o rolo,cortar com as forminhas,colocar no tabuleiro e…espreitar através da porta do forno e gritar : « Mãe!! Tão enormes!!!E tão lindas!…Gosto tanto de ti. »
    Bem haja e felicidades

  34. Clara ML em 2 Dezembro, 2010

    Estas “folhas” tornam os dias de Outono, mesmo os mais feios, numa “doçura”…São deliciosa, desapareceram em 5 minutos e foram muito elogiadas, para além dos vários pedidos para serem repetidas….

  35. Madalena em 19 Dezembro, 2010

    Olá Leonor,

    sou professora e fiz, na sala de aula, com os alunos as suas bolachas. Partilhei a receita com outras duas colegas que também fizeram as bolachas com os alunos. Conclusão: os alunos adoraram o momento; o ter que fazer as massa, o estender da massa, o recortá-la para dar forma. Depois, pusemos a cozinheira, da escola, ao nosso serviço e era um cheirinho pelos corredores. Os alunos levaram as bolachas para casa como lembrancinha de Natal.

    Ficaram optimas.
    Aproveito para lhe dar os parabéns por este espaço que também já partilhei com os alunos (turma de 4º ano).
    Um beijinho

  36. fatima duarte em 23 Dezembro, 2010

    doce até á raíz…
    gosto das folhas e dos finos galhos…
    mto bom gosto… talento e criatividade no ponto de pérola…
    B elo sempre…

    obrigada
    beijinhos

Comentar




    Translation





  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos