wordpress stat
Receita de Austríacas de limão

Bolachas à chuva…



CHOVE!

Chove…

Mas isso que importa!,
se estou aqui abrigado nesta porta
a ouvir a chuva que cai do céu
uma melodia de silêncio
que ninguém mais ouve
senão eu?

Chove…

Mas é do destino
de quem ama
ouvir um violino
até na lama.

José Gomes Ferreira



Austríacas de limão

Para 12 unidades:

50 g de açúcar em pó
125 g de manteiga amolecida
1 g de sal fino
Casca de ¼ de limão
20 g de claras (mais ou menos meia clara)
150 g de farinha de trigo
Açúcar em pó para decorar

Misturar a manteiga com o açúcar em pó.
Juntar a raspa de limão e o sal.
Misturar as claras e por fim a farinha.
A massa não deve ser muito trabalhada, deve ser apenas misturada até que esteja homogénea.
Deitar a massa num saco pasteleiro com um bico estriado.
Sobre um tapete de silicone ou um tabuleiro de forno com papel vegetal, formar “w” com 4 cm de largura, espaçando-os entre si.
Refrigerar no mínimo 1 hora.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Cozer as bolachinhas de 8 a 10 minutos.
Polvilhar com açúcar em pó.




Comentários

25 Comentários to “Receita de Austríacas de limão”

  1. Moira em 28 Outubro, 2008

    Boa noite!
    Por aqui é o vento que sopra, remoinha e chega-nos aos ossos, já quase que preferia a chuva e então com um chá e umas bolachinhas de limão fariam o meu dia perfeito e consolavam-me a alma.
    Beijinhos

  2. caosnacozinha em 28 Outubro, 2008

    Que lindas bolachas, Leonor! Por cá também chove e hoje esteve muito, muito frio. Tenho de concordar com a moira, duas dessas e uma chávena de chá quente eram o fim perfeito do meu dia.

    Beijo *
    Mariana

  3. Flavinha em 28 Outubro, 2008

    Estou “chapada” com estas fotos!

    Beijocas

  4. *-._.-* Anita *-._.-* em 28 Outubro, 2008

    Divino seu blog..adorei tudo…

    Gostei da receitinha, deve ser uma delícia!

  5. Smas em 28 Outubro, 2008

    Aqui ainda está calor e não chove, mas eu também fiz bolachinhas que adoro e estas estão lindas!
    E este cantinho transmite tanta paz.
    Porque não participas do desafio do delishville como eu fiz?
    Bjs

  6. Canela em 29 Outubro, 2008

    Bom dia Leonor
    Esses w’s com sabor a limão convenceram-me.A associação de imagens de bolachas letras,livros e chuva não podia resultar melhor.
    Bj

  7. Silvia em 29 Outubro, 2008

    ¡Qué pastas tan ricas! y qué formas tan bonitas les has dado.
    Ideales para acompañar con una buena lectura. ME encantan.

    Besos.

  8. Manuela © em 29 Outubro, 2008

    Por cá, onde há fama de chover todos os dias, não há chuva, não há vento, nem faz frio :)

    As bolachinhas ficaram perfeitas!

  9. mesa para 4 em 29 Outubro, 2008

    Adoro a chuva , adoro o Inverno e o frio…adorei as fotos mais uma vez e claro as bolachas…beijinho

  10. Vânia Costa em 29 Outubro, 2008

    Leonor,

    poesia, chuva, as tuas bolachinhas e um chá… seria então a combinação perfeita…

    beijinhos*

  11. ameixa seca em 29 Outubro, 2008

    Um livro, um biscoito e um chá numa tarde de chuva! Não há aconchego melhor :)
    Podes participar no desafio do chá da tarde. O blog pode ser este http://fromourhometoyours.blogspot.com/ ou este http://delishville.blogspot.com/
    O prémio é um livro da Nigella :)

  12. pipoka em 29 Outubro, 2008

    Aqui não chove, mas o frio (muito) convida a um dia passado em casa, a comer estas maravilhosas bolachas, com um chá quente, um belo livro e uns gatinhos gorduchos a aquecerem-me os pés…ainda faltam 2 (longos) dias para o fim-de-semana…

    bjs

  13. pimenta rosa em 29 Outubro, 2008

    gostei das fotos, adorei o poema e fiquei com vontade de experimentar a receita.
    bjs

  14. Magia na Cozinha em 29 Outubro, 2008

    Ficaram lindos estes biscoitinhos! Muito caprichados!
    Aqui não chove, mas faz um frio delicioso!
    Bjs :)

  15. Kláudinha em 30 Outubro, 2008

    olá Leonor, gostava de estar ao pé de ti qd chove aí em casa =) eu tb me sinto inspirada no inverno é tão bom uma lareira quentinha com 1 chá a fumegar e umas bolachinhas a fazer e a inundar a casa com o seu odor…..

  16. Filipa em 30 Outubro, 2008

    Leonar, que bolachas tão lindas e apetitosas!!
    Por aqui tem chovido e também tem feito muito frio e não há nada melhor do que passar um bons momentos a degustar umas pequenas maravilhas como estas bolachas. Acompanhadas de uma chávena de chá, perfeitas!

    beijinhos

  17. Isa Lourenço em 30 Outubro, 2008

    Essa bolachas ficaram lindas e com este tempo vem mesmo a calhar com uma boa cavena de chá.
    Bjos

  18. Laurinha em 30 Outubro, 2008

    Que lindas!!! muito instruídas, também! :DDD

    Desculpe a brincadeira, mas fiquei encantada com sua idéia e produção!

    Beijinhos

  19. carocas em 18 Fevereiro, 2009

    Já à muito que ando por aqui. Espreito semanalmente estas maravilhas culinárias …… Adoro cá vir, pela beleza das fotos, pelas excelentes receitas, pelas palavras escritas por tudo e por nada …. simplesmente porque me sinto bem a visita-lo ….. sinto-me em “casa”….. por isto tudo queria agradecer por teres este blog e pela forma como partilha das tuas receitas……
    _________

    Fiz hoje estas bolachas …. e…… são um manjar dos Deus…. Adorei ou antes adoramos …… o meu filhote então ….. tive de esconder ……

    Muito obrigado pela receitinha …… Bjs Carocas

  20. Ana Powell em 10 Junho, 2009

    Para além das bolachas terem ficado lindas, os meus parabéns pelo concepto geral da receita e a ternura da apresentação. As fotos estão magnificas x

  21. Marisa Revoredo em 26 Abril, 2012

    Obrigada pelo poema, pelas bolachas, pelas fotos e pela beleza neles contida.
    Obrigada

  22. sandra em 28 Abril, 2012

    Que apetitosas bolachas. Agora também cozinho a noite, quando a pequena se deita o pai fica entretido e eu tenho 1 horita e tal procurar receitas e cozinhar…tb gosto.
    bjinhos

  23. cosme durão em 28 Abril, 2012

    Foi ver de novo esta receita e reli o poema e as fotos…

    Mas porque são vocês assim desta maneira que eu considero única.

    Mais uma vez obrigado.

  24. Filipa Lemos em 28 Abril, 2012

    Queria tanto comer umas dessas agora!! Ia-me saber tão bem!

  25. Receita de Bolo de ananás e maçã | :: as melhores receitas de sobremesas de leonor de sousa bastos | flagrante delícia :: em 4 Fevereiro, 2013

    [...] tantas vezes o meu pai. Não há um dia de chuva em que não pense nisto, por dentro, como no poema de José Gomes Ferreira recitado com emoção e na minha vontade de chorar (que ainda chora) de o ouvir dizer-mo [...]

Comentar




    Translation



  • Últimos posts

  • Receitas por categoria

  • Arquivos